Notícias | Dia a dia | ATP Finals
Anderson quer aproveitar seu primeiro ATP Finals
10/11/2018 às 11h57

Anderson é o quinto mais velho a debutar no Finals

Foto: ATP

Londres (Inglaterra) - Após 23 anos a África do Sul volta a ter um representante no ATP Finals. Coube a Kevin Anderson ser o primeiro de seu país no torneio desde Wayne Ferreira, em 1995. Em seu debute na competição, o tenista de 32 anos quer aproveitar ao máximo o clima de Londres, tanto conseguindo resultados dentro de quadra, como se divertindo fora dela.

“Minha prioridade é o tênis, mas como cheguei aqui uma semana antes de começar o torneio, acho importante também conseguir fazer alguma coisa diferente, visitando atrações. Foram dias bem agradáveis, falo isso não apenas por mim, mas por meu time. Fomos ver Harry Potter e a Criança Amaldiçoada (peça em cartaz no Palace Theatre). Foi um grande dia para nós”, contou Anderson.

Atual número 6 do mundo, o sul-africano conquistou 45 vitórias na temporada e levantou duas taças, a primeira delas no ATP 250 de Nova York e a última no ATP 500 de Viena, sua maior conquista da carreira até então.

“Chegar aqui significa muito para mim, é uma meta de longa data. Estive próximo de me classificar algumas vezes e conseguir é um feito. Acompanho este torneio desde que sou criança e é fantástico estar aqui pela primeira vez. Espero poder jogar meu melhor tênis”, comentou Anderson, que abrirá a competição em simples em duelo contra o austríaco Dominic Thiem, no sábado.

Aos 32 anos e seis meses, Anderson é o quinto mais velho a debutar no ATP Finals, atrás do australiano Ken Rosewall (36), do espanhol Andres Gimeno (35), do norte-americano John Isner, que aos 33 também faz sua estreia no torneio, e de compatriota Bob Hewitt (32 anos e 11 meses).

Comentários
Faberg
Roland Garros Series