Notícias | Dia a dia
Três árbitros são banidos por manipular resultados
08/10/2018 às 13h36

Árbitros tailandeses tiveram envolvimento com apostas

Foto: Arquivo

Londres (Inglaterra) - Três árbitros de cadeira tailandeses, Anucha Tongplew, Apisit Promchai e Chitchai Srililai, foram banidos pelo resto da vida de arbitrar ou participar de qualquer evento profissional de tênis após serem considerados culpados de manipulação de resultados e envolvimento com apostas.

Cada um dos árbitros admitiu apostar em partidas de tênis nos torneios de nível Futures realizados em 2017, nos quais atuaram. Eles também manipularam pontuações inseridas no sistema de placares ao vivo, para propósitos relacionados a apostas e lucro pessoal.

O caso foi julgado pelo Oficial Independente de Anticorrupção, Charles Hollander após uma investigação da Tennis Integrity Unit (TIU). O banimento tem efeito imediato e proíbe que cada indivíduo participe de qualquer evento sancionado, organizado ou reconhecido pelos órgãos governamentais do esporte.

As violações do Programa Anti-Corrupção de Tênis cometidas por cada uma das partes são as seguintes:

Seção D.1.a: "Nenhuma pessoa credeciada deverá, direta ou indiretamente, apostar ou tentar interferir no resultado ou em qualquer outro aspecto de uma competição de tênis".

Seção D.1.b: "Nenhuma Pessoa credenciada deverá, direta ou indiretamente, solicitar ou facilitar qualquer outra pessoa a apostar no resultado ou em qualquer outro aspecto de qualquer da competição. Para evitar dúvidas, solicitar ou facilitar a aposta inclui: exibição de probabilidades de apostas, escrever artigos para sites de apostas, realização de aparições pessoais para uma empresa de apostas de tênis e aparecer em comerciais incentivando a apostar no tênis"

Seção D.1.d: “Nenhuma Pessoa Coberta deverá, direta ou indiretamente, inventar ou tentar manipular o resultado ou qualquer outro aspecto da partida”.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis