Notícias | Copa Davis
Coric busca virada no 5º set e leva a Croácia à final
16/09/2018 às 14h20

Croatas buscam o segundo título da Copa Davis e encaram a França

Foto: Arquivo

Zadar (Croácia) - Mesmo depois de duas vitórias no saibro de Zadar na última sexta-feira, a Croácia só pôde comemorar o triunfo na série contra os Estados Unidos e a vaga na final da Copa Davis no quinto set do quinto jogo. Borna Coric foi o responsável pela classificação depois de vencer um duelo da nova geração contra o norte-americano de 20 anos e 40º do ranking por 6/7 (0-7), 6/1, 6/7 (11-13), 6/1 e 6/3 em 4h06 de partida.

Com apenas 21 anos, Coric já é número 18 do mundo e acumula nove vitórias e sete derrotas pela competição. O jovem croata já havia decidido outro confronto de Copa Davis contra os Estados Unidos. Há dois anos, no piso duro de Portland, o croata foi responsável por vencer Jack Sock em quatro sets no quinto jogo do confronto válido pelas quartas de final e consolidar uma virada depois de a equipe norte-americana ter vencido os dois jogos de sexta-feira.

A Croácia disputa a Copa Davis como nação independente desde 1993, já foi campeã em 2005 e vice em 2016. Na terceira final de sua história, o país enfrenta a atual campeã França, dona de dez títulos na centenária competição. Os jogos acontecerão entre os dias 23 e 25 de novembro, em território francês.

A primeira quebra da partida favoreceu Tiafoe, que venceu três games seguidos e liderou por 4/1. O norte-americano vinha muito firme no saque ao longo do set inicial, mas acabou permitindo o empate no único game em que enfrentou break points. O tiebreak foi muito ruim para Coric, que acumulou erros não-forçados e não venceu um ponto sequer. Com apenas um set disputado, o croata já havia cometido 26 erros.

Coric foi muito superior no segundo set, em que não enfrentou break points e cedeu apenas cinco pontos em seus games de serviço. O croata teve um começo arrasador ao perder só quatro pontos nos cinco primeiros games e liderar por 5/0. Tiafoe confirmou um game de serviço para evitar o 'pneu', mas não conseguiu ameaçar o saque do jogador da casa.

O domínio de Coric continuou no terceiro set, em que ele abriu 4/0 com apenas quatro pontos perdidos nesse intervalo de tempo. Quando já vencia por 5/1, o croata estava a dois pontos de vencer o set, mas cometeu dois erros seguidos e Tiafoe salvou o game com um ace. Sacando para fechar, o croata fez dois erros e uma dupla falta e teve o serviço quebrado. Dois games mais tarde, vencendo por 5/4, o anfitrião perdeu mais uma chance de sacar para vencer o set depois de cometer quatro erros não-forçados e cedeu o empate.

O tiebreak começou com três erros não-forçados seguidos de Coric. Tiafoe recolocou o anfitrião na disputa quando errou um smash e permitiu o empate por 4/4. O croata, então, teve um ótimo momento no saque e esteve próximo de fechar, mas o americano salvou o primeiro set point jogando agressivo e o contou com um erro de devolução para salvar mais. Depois, foi Tiafoe quem sacou muito bem, inverteu o placar e fechou o set com ace.

O quarto set teve roteiro parecido com o do segundo. Coric foi muito firme em seus games de serviço, não enfrentou break points e pressionou constantemente o saque de seu adversário. Além das duas quebras, o croata ainda teve outras seis oportunidades e só não fez 6/0 porque Tiafoe levantou um 15-40 logo no começo do set.

Logo no começo do quinto set, Coric conseguiu sair de dois break points que o colocariam em risco. Depois disso, o croata voltou a sacar muito bem, confirmando dois games de saque. O público croata foi à loucura quando o jovem anfitrião conseguiu a quebra no quinto game da parcial ao explorar uma subida de Tiafoe à rede. Em vantagem, o croata ganhou confiança e voltou a quebrar para conquistar a vitória em cinco sets.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series