Notícias | Outros
Copa Correios reúne a nova geração em Brasília
22/08/2018 às 21h10

Zormann é atração em DF

Foto: Arquivo CBT

Brasília (DF) – Alguns dos principais nomes da nova geração do tênis brasileiro iniciam nesta quinta-feira a disputa da Copa Correios nas quadras rápidas do Iate Clube de Brasília, no Distrito Federal. O torneio, que faz parte do Circuito Profissional da Confederação Brasileira de Tênis, conta com uma premiação total de R$ 20 mil e terá a final, no domingo, transmitida pelo Bandsports.

O gaúcho Rafael Matos, 509º colocado no ranking da ATP e vice-campeão da chave de duplas juvenil do US Open, em 2014, e o paulista Marcelo Zormann, 756º colocado e campeão da chave de duplas juvenil de Wimbledon, no mesmo ano, são os dois principais cabeças de chave.

O carioca Christian Oliveira, campeão da última etapa do Circuito Profissional da CBT no Espírito Santo, também é um dos favoritos. Outro destaque é o catarinense Pedro Boscardin, de apenas 15 anos e atleta da RS Tennis, unidade do Time Guga em Joinville-SC, que vem de três títulos ITF consecutivos na categoria até 18 anos. Seu companheiro de equipe, o mineiro João Victor Loureiro, de mesma idade e que terminou em primeiro lugar na Gira Cosat, também está inscrito.

O Circuito Profissional da CBT foi inaugurado com o Sesc Open, também em Brasília, no início de agosto e teve o brasiliense Gilbert Klier como campeão da primeira etapa, que também distribuiu R$ 20 mil em premiação e teve a final transmitida pelo Bandsports. A segunda etapa, a Copa Espírito Santo, teve como vencedor o carioca Christian Oliveira, que ficou com o vice-campeonato no Sesc Open.

Também estão confirmados o Aberto do Madeira de Tênis 2018 (R$10 mil), em Porto Velho-RO, a Copa Vila Galé Eco Resort de Tênis Profissional (R$ 15 mil), no Cabo de Santo Agostinho-PE, o Bahia Pro Cup (R$ 10 mil), em Salvador-BA, e o Amapá Open (R$10 mil), em Macapá-AP.

"O Circuito Profissional da CBT é um dos projetos que eu fiz questão de colocar em prática em 2018 para dar a possibilidade para a nova geração e tenistas que estão correndo atrás de oportunidade de se manterem em ritmo de competição e ganharem dinheiro para depois viajarem para o circuito internacional", afirmou o presidente da CBT, Rafael Westrupp.  

"A parceria com a Bandsports, com a transmissão da final ao vivo, também dá visibilidade para esses tenistas se apresentarem aos patrocinadores e prospectarem novos apoiadores. A CBT está sempre se preocupando com essa geração da transição e entendemos que essa premiação de R$ 20 mil é um investimento que dará frutos e que permitirá que os tenistas da transição possam alçar voos maiores", ressaltou o dirigente.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva