Notícias | Dia a dia | Wimbledon
'Tenho muito a melhorar ainda', garante Serena
09/07/2018 às 16h00

Vitória nas oitavas foi a mais tranquila para Serena no torneio

Foto: Divulgação

Londres (Inglaterra) - A vitória de Serena Williams sobre a russa Evgeniya Rodina pelas oitavas de final em Wimbledon foi o jogo em que a ex-número 1 do mundo perdeu o menor número de games, apenas quatro no total. Ainda sem perder sets no torneio e garantida nas quartas de final, Serena ainda garante que tem muito a evoluir nos próximos dias.

"Há muito o que melhorar", disse Serena após a vitória por duplo 6/2 contra Rodina. "Este é apenas o meu quarto torneio de volta. Sinto que estou chegando ao nível eu quero estar. Há um longo caminho para voltar ao nível que eu estava, e espero ir ainda mais longe".

"Sou perfeccionista. Sempre encontro alguma coisa errada", avaliou a heptacampeã de Wimbledon. "Acho que foi um bom resultado, mas o jogo foi mais difícil que o placar sugere. Ela bate muito bem na bola e foi por isso que ela chegou tão longe. Foi uma partida interessante, para dizer o mínimo.

Serena e Rodina protagonizaram um duelo duas mães do circuito. A norte-americana disputa apenas seu quarto torneio desde o nascimento da filha Alexis Olympia, em setembro do ano passado, enquanto a russa de 29 anos tem uma filha de cinco anos chamada Anna.

"Isso é ótimo. Eu sabia que nós duas éramos mães. Não tenho certeza de quantas vezes isso aconteceu, mas é legal mostrar que você pode ser uma mãe, jogar tênis e estar nas quartas de final de Wimbledon", comentou a vencedora de 23 títulos de Grand Slam.

"Você pode ser uma mãe que trabalha, se é isso que você escolhe", explica a jogadora de 36 anos. "Minha mãe criou cinco filhos. Eu não sei como isso é possível, porque estou tenho trabalho com apenas uma! De qualquer forma, as mulheres hoje estão inspirando umas as outras", explica Serena, que iniciou o torneio no 181º lugar do ranking e voltará ao top 100.

A próxima adversária de Serena será a italiana Camila Giorgi, 52ª do ranking, a quem ela superou nos três duelos anteriores. "Eu já joguei contra ela algumas vezes. Ela tem um jogo muito agressivo e para alguém tão pequena, ela traz muita energia para a quadra e se dá bem na grama".

Depois de disputar confrontos inéditos contra três de suas quatro primeiras adversárias e ter feito apenas um duelo anterior contra a adversária da terceira rodada Kristina Mladenovic, Giorgi é a adversária que Serena melhor conhece. "Eu acompanho o tênis feminino, é claro, e apóio o esporte feminino. Eu acho super empolgante. Eu a vejo jogar muito. É bom conhecer alguém. Acho que eu não havia jogado ainda contra as jogadoras que eu enfrentei no torneio. É bom conhecer alguém. Sei um pouco como ela joga".

Comentários
Faberg
Roland Garros Series