Notícias | Dia a dia | Wimbledon
'Minha atitude não foi profissional', afirma Halep
07/07/2018 às 17h11

Romena lamentou a atitude negativa que teve durante a partida

Foto: Divulgação

Londres (Inglaterra) - Eliminada na terceira rodada de Wimbledon, Simona Halep lamentou a atitude negativa que teve no jogo deste sábado contra a taiwanesa Su-Wei Hsieh. Para a número 1 do mundo, isso contribuiu para que ela permitisse a virada da rival, 48ª do ranking, quando o jogo parecia controlado.

"Ela mereceu vencer, mas foi uma partida foi pouco profissional para mim", disse Halep após a derrota por 3/6, 6/4 e 7/5 para Hsieh. "Eu era muito negativa comigo mesma, falava demais. Eu estava liderando a partida e não consegui fechar".

"Tenho que ser realista e honesta comigo mesma. Aceito que foi uma atitude pouco profissional da minha parte", explica a romena, que chegou a liderar o terceiro set por 5/2 e ainda teve um match point quando vencia por 5/4.

"Eu estou muito cansada, meus músculos se foram e eu não conseguia ficar focada", comenta a jogadora de 26 anos. "Eu tenho dor em todo lugar, estou cansada de tudo e estou bastante tranquila em dizer isso. Não quero esconder nada".

"Estou muito decepcionada com essa derrota, mas embora eu tivesse um match point a meu favor, acho que Hsieh mereceu a vitória. Ela jogou num nível altíssimo e teve mais ideias do que eu em quadra. Se ela seguir neste nível tenho certeza que chegará longe no torneio", avalia a líder do ranking mundial.

A romena também falou sobre as várias surpresas que aconteceram ao longo da primeira semana em Wimbledon. As únicas top 10 que disputarão as oitavas de final são Karolina Pliskova e Angelique Kerber, que ocupam o oitavo e décimo lugares no ranking atualmente.

"É verdade que este torneio teve alguns resultados inesperados. Neste momento qualquer jogadora pode ser campeã, mas não quero pensar sobre isso. Eu preciso de umas férias de duas semanas para voltar em plenitude física", comenta a romena, que deve retornar ao circuito durante o verão americano na preparação para o US Open.

Halep tem como melhor resultado em Wimbledon a semifinal em 2014 e havia parado nas quartas nos dois últimos anos. A romena acredita que, por seu estilo de jogo, a grama é piso que exige mais de seu físico. "Para mim, jogar na grama é muito complicado, porque o meu jogo não combina com esta superfície".

"Se você acrescentar a isso que estou muito cansada pelo grande número de jogos que fiz durante toda a temporada, é lógico pensar que eu poderia ser derrotada em qualquer jogo. A transição do saibro para a grama é muito difícil, mas eu não tenho mais que pensar sobre essa derrota", afirmou a campeã de Roland Garros.

"Hoje eu não estava 100% fisicamente. Roland Garros me cansou física e mentalmente e eu ainda sinto a fadiga e cansaço dos primeiros meses de competição. Agora quero esquecer Wimbledon. Eu ainda sou a campeã de Roland Garros e isso me faz muito feliz".

Comentários
Faberg
Roland Garros Series