Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Zverev revela virose e saída de quadra para vomitar
07/07/2018 às 08h50

Zverev pensou em não voltar para o segundo dia do jogo

Foto: Divulgação

Londres (Inglaterra) - O desempenho tortuoso do alemão Alexander Zverev no primeiro dia do duelo com o também jovem norte-americano Taylor Fritz, que começou na quinta-feira, foi paralisado e só terminou na sexta, foi explicado pelo número 3 do mundo, que revelou ter encarado uma forte virose que o forçou a sair de quadra para ir vomitar no banheiro.

“Hoje (sexta) no aquecimento eu pensei em não jogar. Ontem foi um dia duro para mim por muitas razões. Primeiro tive um vírus estomacal, tanto que depois do segundo set fui ao banheiro para vomitar. Estava com pouca energia e sofri com dores de barriga durante todo o jogo”, contou o germânico de 21 anos.

“Além disso, jogamos na penumbra durante uma hora e meia e estava com bastante dificuldade para ver o saque do meu adversário, por isso não conseguira uma quebra e ele também não”, acrescentou Zverev, que se mostrou muito superior a Fritz na retomada da partida e acabou vencendo os dois últimos sets, garantindo lugar na terceira rodada.

O alemão reforçou que chegou a pensar em não terminar a partida, mas que como seria algo mais curto resolveu arriscar. “Não comi nada desde ontem e meio que só joguei porque pensei: ‘Bom, se não me sentir bem vai ser apenas um set e se estiver bem podem ser dois’. Entrei em quadra, veio a adrenalina, me senti melhor e deu no que deu”, contou Zverev.

Neste sábado, ele voltará Às quadras do All England Club para encarar o experiente letão Ernests Gulbis, ex-top 10 que tenta recuperar a carreira após muitas lesões. Atual 138º colocado, Gulbis saiu do qualificatório e já fez cinco jogos. Será a primeira vez que os dois irão se cruzar no circuito profissional.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series