Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Federer e Uniqlo juntos por 10 anos e US$ 100 milhões
06/07/2018 às 08h17

Federer estreou o novo patrocínio em Wimbledon

Foto: Divulgação

Londres (Inglaterra) - Embora já cogitada antes de Wimbledon começar, a mudança no vestuário do suíço Roger Federer, trocando a Nike pela Uniqlo, surpreendeu a todos no dia de sua estreia na competição. O acordo com a nova patrocinadora foi especulado em girar na casa dos US$ 30 milhões por ano para o ex-número 1, mas segundo Daniel Kaplan, do Sports Business Journal, as cifras são um pouco menores.

“O acordo de Federer com a Uniqlo não passa nem perto dos US$ 30 milhões por ano. Na verdade, são US$ 10 milhões por ano, sendo que a Nike ofereceu 5 milhões e apenas enquanto o suíço estivesse jogando. Já a Uniqlo garantiu um contrato por uma década”, escreveu Kaplan em sua conta no Twitter, onde também explicou que a Nike tinha o direito de igualar a proposta, mas não o fez.

Agente de longa data de Federer, Tony Godsick disse que a oportunidade para o dono de 20 títulos de Grand Slam se juntar à Uniqlo era grande demais para se resistir. “É uma oportunidade global com muitos planos empolgantes. O Sr. Tadashi Yanai, fundador e presidente de Uniqlo, está realmente empolgado em fazer crescer a marca da Roger na Ásia e no mundo”, disse Godsick à ESPN.

“Todo mundo sabe que Roger tem um tremendo apetite por moda. Tivemos um ótimo relacionamento com a Nike e esse também será, indo muito além do período em que Roger estiver jogando. A longo prazo, podemos criar coisas maravilhosas juntos”, complementou o agente do suíço.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series