Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Bolelli entra e consegue recorde de 'lucky-losers'
30/06/2018 às 11h37

Bolelli deu sorte também em Roland Garros

Foto: Arquivo

Londres (Inglaterra) - Wimbledon já começou com um recorde. Com a desistência do ucraniano Alexandr Dolgopolov, que continua a sentir contusão no punho direito, o italiano Simone Bolelli conquistou pela quinta vez na carreira a condição de 'lucky-loser' num Grand Slam.

Essa é a maior marca desde que o regulamento foi criado. Lucky-loser acontece quando um jogador é derrotado na última rodada do qualificatório e consegue vaga de última hora devido à desistência de um tenista previamente inscrito.

Bolelli também foi 'lucky-loser' no recente Roland Garros e acabou se tornando um dos adversários mais difíceis na campanha ao título de Rafael Nadal, chegando a ter set-point para ganhar o segundo set na partida de estreia. Seu adversário em Wimbledon será o outro veterano, o uruguaio Pablo Cuevas.

Com a saída de Dolgopolov, já são seis 'lucky-losers' a entrar na chave antes mesmo de o torneio se iniciar, ficando perto do recorde de oito em Roland Garros deste ano. Além do ucraniano, desistiram também Roberto Bautista, Hyeon Chung, Andrey Rublev, Viktor Troicki e Pablo Andujar.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series