Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Dupla japonesa alcança 1ª final de Slam e faz história
08/06/2018 às 12h57

Ninomiya (de azul) e Hozumi formam a primeira dupla japonesa numa final de Slam

Foto: Divulgação

Paris (França) - Pela primeira vez na Era Aberta do tênis feminino, uma dupla formada por duas japonesas disputará uma final de Grand Slam. As jogadoras de 24 anos Eri Hozumi e Makoto Ninomiya deram continuidade à ótima campanha em Roland Garros e venceram a semifinal contra a taiwanesa Hao-Ching Chan e a chinesa Yang Zhaoxuan, cabeças 8 do torneio, por duplo 6/2.

Hozumi e Ninomiya já eliminaram várias cabeças de chave no caminho para a final em Paris. Destaque para a vitória sobre a francesa Kristina Mladenovic e a húngara Timea Babos, principais favoritas, nas quartas de final. Elas também passaram por Raquel Atawo/Anna-Lena Groenefeld (cabeças 11) e Gabriela Dabrowski/Xu Yifan (cabeças 5)

As jovens japonesas também são as primeiras atletas de seu país em uma final de Grand Slam nas duplas femininas desde 2009. Naquele ano, Ai Sugiyama disputou a última decisão de Slam da carreira no Australian Open, ao lado da eslovaca Daniela Hantuchova. Em sua carreira Sugiyama venceu três Grand Slam nas duplas e mais um nas duplas mistas.

As adversárias das japonesas na decisão são as jovens tchecas de 22 anos Barbora Krejcikova e Katerina Siniakova, que venceram por 6/3 e 6/2 duelo contra as experientes compatriotas Barbora Strycova, de 32 anos, e Andrea Hlavackova, que tem 31 anos e dois títulos de Grand Slam em duplas.

Três das quatro jogadoras em quadra na final marcada para domingo disputarão uma final de Grand Slam pela primeira vez. A única que já esteve em uma decisão foi Siniakova, no US Open do ano passado. Décima no ranking mundial de duplas, ela disputará a nona final da carreira em busca do terceiro título. A tcheca também tem dois títulos de simples na WTA. Krejcikova, 24ª colocada, venceu um título de duplas na quadra de carpete de Quebec City. As duas japonesas têm um títulos de duplas cada. Ninomiya é 41ª do ranking e Hozumi ocupa o 65º lugar.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series