Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Djokovic mostra força e vence a 200ª no saibro
03/06/2018 às 14h21

Djokovic não perde para Verdasco desde 2010

Foto: Divulgação

Paris (França) - A cada rodada que passa o sérvio Novak Djokovic vai se mostrando mais perto da forma que o levou ao topo do ranking. Neste domingo, ele deu mais um sinal de força de derrubou o espanhol Fernando Verdasco em sets diretos, anotando parciais de 6/3, 6/4 e 6/2 que lhe deram sua 200ª vitória no saibro e a vaga para as quartas de final em Roland Garros, igualando a campanha do ano passado.

Esta é a 12ª vez que ele vai tão longe na competição parisiense, uma marca recorde na Era Aberta que pode ser igualada pelo espanhol Rafael Nadal caso este vença sua partida contra o alemão Maximilian Marterer na segunda-feira. Djokovic tem também nove quartas de final seguidas no torneio, mesma marca do recordista Roger Federer, sendo que o decacampeão Nadal curiosamente nunca passou das seis seguidas.

O próximo oponente no caminho do tenista de Belgrado, que irá disputar pela 40ª vez as quartas em um Grand Slam, ficando atrás apenas das 52 de Federer e das 41 do norte-americano Jimmy Connors, sairá do confronto envolvendo o belga David Goffin e o italiano Marco Cecchinato. Ele nunca enfrentou o italiano e soma cinco vitórias contra o belga, que venceu só uma, justamente no último encontro, ano passado em Monte Carlo.

A partida foi bastante equilibrada nos dois primeiros sets, com pontos disputados e chances para ambos os lados. Contudo, Djokovic se mostrou mais preparado para buscar a vitória desde o começo e em momento algum chegou a ficar com quebra de desvantagem. Na primeira parcial, o sérvio conseguiu o primeiro break no quarto game, depois de salvar dois no game anterior e perder quatro no segundo.

Depois de levar a primeira parcial com uma quebra solitária, o ex-número 1 do mundo tratou de abrir 2/0 de cara na segunda, só que não sustentou a vantagem até o fim e viu Verdasco empatar em 3/3. O tenista de Belgrado respondeu prontamente e bateu o saque do espanhol logo em seguida, administrou a dianteira nos três games seguintes e abriu 2 a 0.

No terceiro set, Djokovic enfim teve mais tranquilidade e passou fácil por um combalido Verdasco, que se mostrava não estar 100% fisicamente, inclusive tendo pedido um atendimento médico para tratar o pé direito com bolhas. Com duas quebras, o sérvio garantiu sua 11ª vitória em 15 duelos com o rival e empatou o histórico no saibro, agora com três triunfos para cada lado.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series