Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Serena anota virada e ganha confiança para 3ª fase
31/05/2018 às 16h28

Serena fez o primeiro jogo de três sets desde que voltou às quadras

Foto: Divulgação

Paris (França) - Em seu segundo compromisso em Roland Garros, Serena Williams já tinha a missão de enfrentar uma top 20. Depois de um início da partida, a tricampeã marcou uma expressiva vitória sobre a número 17 do mundo Ashleigh Barty por 3/6, 6/3 e 6/4 em 1h46 de partida para se garantir na terceira rodada do Grand Slam francês. Foi o primeiro jogo de três sets que Serena fez desde o nascimento de sua filha, Alexis Olympia, em setembro do ano passado.

O equilíbrio da partida fica expresso nos números. Serena venceu 80 pontos no jogo desta quinta-feira, apenas um a mais que sua adversária. Por conta de seu estilo mais agressivo, a ex-líder do ranking anotou 28 bolas vencedoras contra 17 da australiana e também cometeu mais erros não-forçados, 36 diante de 21 da rival.

Atualmente ocupando o 451º lugar do ranking, Serena recebe 130 pontos pela campanha até a terceira rodada em Paris. Isso já a aproxima do grupo das 250 melhores do mundo. Caso chegue às oitavas, a norte-americana ganhará 240 pontos e voltará ao top 200. Sua próxima adversária será a alemã Julia Goerges, número 11 do ranking, que derrotou a 46ª colocada belga Alison Van Uytvanck por 7/5 e 7/6 (7-5).

Ao contrário da estreia, quando enfrentou a canhota tcheca Kristyna Pliskova, que sacava muito bem e definia os pontos em poucas trocas de bola, Serena enfrentou uma rival completamente diferente nesta quinta-feira. Barty é uma jogadora que sabe variar alturas, velocidades e direções, e que utiliza muitos drop shots, slices e subidas à rede.

Ainda sentindo a falta de ritmo, Serena seguia com sua movimentação comprometida e levava desvantagem nas trocas de bola. Chegando desequilibrada nas bolas da australiana, a ex-número 1 anotou apenas três bolas vencedoras e cometeu doze erros não-forçados no set inicial. Embora tenha feito somente dois winners, Barty sacava muito bem e vinha sólida do fundo de quadra. A australaina não enfrentou break points e aproveitou a única chance de quebra que teve para definir o set com apenas seis pontos perdidos em seus games de serviço.

Barty ainda conseguiu uma quebra logo no game de abertura do segundo set, mas a reação de Serena foi categórica. Um winner de devolução com o backhand na paralela e um grito forte anunciaram que a ex-número 1 não desistiria fácil daquele jogo. O espírito de luta da tricampeã também cativava a torcida francesa. Serena voltaria a quebrar e venceu quatro games seguidos para não ser ameaçada até o fim do set.

Além do equilíbrio na partida a da natural tensão de um set decisivo, outro motivo de preocupação em quadra era uma eventual suspensão da partida por falta de luz natural. Serena conseguiu uma quebra logo no início e vinha ganhando cada vez mais confiança. Barty ainda salvou um match point em seu saque, quando perdia por 5/3, mas não teve mais oportunidades de ameaçar o saque da dona de 23 título de Grand Slam.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series