Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Shapovalov pede paciência: 'Tenho apenas 19 anos'
31/05/2018 às 15h18

Shapovalov acredita que precise melhorar no saibro

Foto: Divulgação

Paris (França) - Atual 25 do mundo e uma das promessas da nova geração, o canadense Denis Shapovalov se despediu prematuramente de Roland Garros, caindo já na segunda fase. Ele foi superado nesta quinta-feira pelo alemão Maximilian Marterer, de 22 anos e número 70 do ranking depois de vencer o primeiro set e abrir 3/0 no segundo.

"Consegui ficar uma quebra à frente, estava me sentindo bem, mas deixei que ele entrasse na partida. Depois disso passei a sofrer com meu serviço. Acho que ambos fizemos um bom jogo e a diferença entre nós foi pequena. Ele foi melhor do que eu nos pontos importantes e merece todo o crédito", analisou o jovem canadense.

"Tenho que melhorar nas devoluções. Além disso, não tenho jogado muito contra canhotos e o seu spin é diferente. Isso é algo que preciso melhorar também. Nem todas as semanas podem ser como Madri, só tenho 19 anos e não posso estar nas semifinais de todos os torneios. Terei semanas melhores e outras piores pelo caminho", acrescentou Shapovalov.

O canadense acredita que ainda tem muito a evoluir para conseguir jogar melhor no saibro. "No começo estava um pouco perdido nos ralis, não sabia o que fazer direito para ganhar os pontos e só fui descobrindo com o passar do tempo. Preciso ajustar melhor meu jogo ao saibro", opinou o 24º favorito em Paris, que já está com a cabeça voltada para os torneios de grama.

"A temporada de grama é um momento importante para mim do ano, pois se adapta com perfeição ao meu estilo. Agora vou descansar um pouco e já irei para Stuttgart, onde jogarei meu próximo torneio", encerrou Shapovalov.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series