Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Halep admite nervosismo, mas celebra a 1ª vitória
30/05/2018 às 19h40

Halep comemorou o fato de terminar a partida jogando muito bem

Foto: Divulgação

Paris (França) - Depois de vencer seu jogo de estreia em Roland Garros, Simona Halep admitiu o nervosismo durante a partida contra a norte-americana Alison Riske. A número 1 do mundo, entretanto, comemorou não apenas a vitória, mas também o fato de terminar o duelo jogando muito bem.

"Tive um começo lento porque é sempre difícil começar neste torneio. É um prazer vir aqui e jogar, então sempre me sinto nervosa no começo", disse Halep após a vitória por 2/6, 6/1 e 6/1 contra a 83ª colocada Riske.

"Foi bom que eu consegui voltar para o jogo e terminar muito bem. Eu não pensei no resultado ou na partida e só queria relaxar meus braços, porque eu estava me movimentando muito bem no começo, mas meu braço estava bem duro e eu não conseguia bater na bola como queria", avaliou a romena, que começou o jogo perdendo por 5/0.

"Então foi muito mais fácil, e me senti muito bem no final da partida. Isso é o mais importante por enquanto", complementou a líder do ranking mundial, que venceu 14 dos últimos dezessete games disputados nesta terça-feira.

Depois de só estrear no Grand Slam francês no quarto dia do torneio, Halep terá pouco tempo de descanso antes de atuar pela segunda rodada. A número 1 do mundo enfrenta a norte-americana Taylor Townsend, 72ª colocada, por volta das 8h (de Brasília) desta quinta-feira. "Será um jogo diferente porque ela é canhota", afirmou.

"Se bem me lembro, joguei contra ela em Cincinnati. Lembro que ela é sólida e bate forte na bola. Tenho que movê-la, ser agressiva e jogar como fiz hoje no segundo set e no terceiro set", avaliou a romena, que venceu o único duelo anterior, disputado no ano passado.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series