Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Após maratona, argentino vence e ganha R$ 340 mil
28/05/2018 às 09h46

Paris (França) - Valeu mais do que a pena a viagem de 1000 km de carro feita, no domingo, pelo argentino Marco Trungelitti de Barcelona até Paris para entrar na chave do Grand Slam francês como lucky-loser. Nesta segunda-feira ele estreou contra o australiano Bernard Tomic e tratou de escrever um capítulo a mais na inusitada história, passando pela primeira rodada ao anotar parciais de 6/4, 5/7, 6/4 e 6/4.

Cada quilômetro viajado pelo argentino às vésperas de fazer sua estreia na competição compensou e só com a vitória sobre Tomic ele já embolsou 79 mil euros (R$ 336 mil) e poderá chegar aos 130 mil se ganhar mais uma. Seu próximo oponente será o vencedor da partida envolvendo o italiano Marco Cecchinato e o romeno Marius Copil.

Menos de 24h após retornar à capital francesa, onde esteve para a disputa do qualificatório, caindo na última rodada, Tringelitti teve pela frente um adversário do peso de Tomic, mas que não vive sua melhor fase e também teve que buscar a vaga em Roland Garros pelo classificatório. O argentino não deu sinais de incômodo com a longa viagem e fez uma partida sólida.

Com duas quebras a favor e uma contra, ele levou o primeiro set. Tomic reagiu no segundo, perdeu dois breaks no quarto game, mais três no sexto até conseguir a quebra que precisava para empatar no 12º e último game. Só que depois disso o australiano perdeu o saque mais três vezes nas duas parciais seguintes e só conseguiu devolver uma delas, sendo derrotado por 3 a 1.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series