Notícias | Dia a dia
Berlim sonha em tirar de Madri o Masters 1000
11/05/2018 às 09h55

Madri (Espanha) - A incerteza da permanência do Masters 1000 de Madri na capital espanhola ganhou um novo capítulo nesta semana. De acordo com o ABC, uma comitiva de Berlim visitou o torneio sonhando em levá-lo para solo alemão. O contrato entre a organização do evento e a prefeitura da cidade vence em 2021 e a diretoria tenta negociar um acordo positivo para a competição.

"Se não for necessário para Madri, podemos nos retirar", ameaçou o multimilionário e dono da data Ion Tiriac, ex-tenista profissional, que foi número 8 do mundo em simples e campeão de Roland Garros nas duplas. O diretor executivo do evento Gerard Tsobanian informou à ABC que uma delegação de Berlim foi até a Caixa Mágica na terça-feira para colocar na mesa sua proposta e que isso já é conhecido pela prefeitura madrilenha.

A notícia de que Berlim está tentando levar embora a competição que reúne os melhores tenistas do mundo acelerou uma reunião dos organizadores com os quatro grupos políticos da capital espanhola com o objetivo de chegar a um consenso para a renovação do acordo entre ambas as partes.

"Nossa intenção é ficar aqui, mas se a qualquer momento eles não nos quiserem ou nos deixarem, não teremos outra escolha senão procurar outro lugar", revela diretor executivo da competição. A oferta alemã tornou-se um grande trunfo para os promotores na negociação com Manuela Carmena, a prefeita de Madri, e sua equipe, podendo barganhar ainda mais devido as circunstâncias.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis