Notícias | Dia a dia
Atuais campeões, Melo e Kubot estreiam com vitória
09/05/2018 às 16h35

Resultado já garante o mineiro e o polonês nas quartas

Foto: Arquivo

Madri (Espanha) - Atuais campeões de duplas no Masters 1000 de Madri, Marcelo Melo e Lukasz Kubot estrearam com vitória no saibro da capital espanhola. Principais cabeças de chave do torneio, o mineiro e o polonês venceram nesta quarta-feira o uruguaio Pablo Cuevas e o espanhol Marcel Granollers por 7/5 e 7/6 (12-10) em 1h59 de partida.

A vitória já garante Melo e Kubot nas quartas de final em Madri. Os campeões do ano passado terão um dia de descanso e só voltam a atuar na próxima sexta-feira, quando podem enfrentar os colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah ou a parceria do italiano Fabio Fognini com o argentino Diego Schwartzman.

"Mais um jogo duríssimo. Enfrentamos dois jogadores que jogam muito bem duplas e vem jogando muito bem. Foi realmente decidido nos detalhes", disse Marcelo Melo após a partida. "Tivemos match points antes de ir para o tie-break. Depois, estávamos 5/1 abaixo e conseguimos recuperar. E aí, desempenhamos o mesmo estilo de jogo, a mesma maneira que vinhamos atuando desde alguns jogos para trás".

"Ficamos muito felizes em conseguir jogar desse jeito, agressivo. Agora é buscar a próxima rodada. Passando um jogo duro, jogando bem, ficando firme nos momentos em que estávamos abaixo, dá muita confiança. Espero aproveitar esse momento para jogarmos ainda melhor na próxima rodada, que deve ser na sexta-feira", concluiu o mineiro de 34 anos e número 2 do mundo.

O resultado também é de fundamental importância para Kubot, que defende a liderança do ranking nesta semana. O polonês tem o mesmo número de pontos que Melo, 7.870, mas aparece à frente do mineiro pelos critérios de desempate.

Como tem mil pontos a defender em Madri, Kubot tem a posição ameaçada pelos irmãos Bob e Mike Bryan, empatados no quinto lugar. Em terceiro e quarto, o croata Mate Pavic e o austríaco Oliver Marach não jogaram em Madri.

Cuevas e Granollers foram os primeiros a quebrar, ainda no quinto game, mas perderam a vantagem logo na sequência. Melo e Kubot salvaram um break point quando o placar estava empatado por 4/4 e conseguiram a decisiva quebra no último game do set inicial.

A parcial seguinte não teve quebras, sendo que Melo e Kubot tiveram dois match points no saque dos adversários quando venciam por 5/4. Já no tiebreak, os atuais campeões tiveram que salvar dois set points antes de ter mais uma chance de fechar o jogo. As parcerias alternaram vantagens até que o mineiro e o polonês consolidassem a vitória no quinto match point.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis