Notícias | Dia a dia
Colombiano é suspenso por três anos por corrupção
02/05/2018 às 19h55

Além da suspensão, o colombiano foi multado em US$ 5 mil

Foto: Arquivo

Londres (Inglaterra) - O tenista colombiano Barlaham Zuluaga Gaviria foi suspenso por três anos e multado em US$ 5 mil após ser considerado culpado por não cooperar com uma investigação da Tennis Integrity Unit (TIU).

A audiência disciplinar foi realizada em Londres no dia 23 de abril. Já a decisão do Prof. Richard H. McLaren, auditor independente anti-corrupção, foi emitida nesta quarta-feira, dia 2 de maio, para a aplicação de sanções.

Zuluaga tem 22 anos e ocupava o 1.957º lugar do ranking, tendo como recorde pessoal a 1.791ª posição alcançada em 2013. O colombiano foi acusado de acordo com a Seção F.2.b do Programa Anti-Corrupção de Tênis, que exige que todas as pessoas credenciadas para os torneios cooperem com as investigações da TIU sobre possíveis violações de integridade.

"Todas as Pessoas abrangidas devem cooperar plenamente com as investigações conduzidas pela TIU, incluindo a apresentação de provas nas audiências, se for solicitado. Nenhuma Pessoa credenciada deverá adulterar ou destruir qualquer evidência ou outra informação relacionada a qualquer delito de corrupção".

A não colaboração com a investigação da TIU se deu porque o jogador se recusou a fazer uma entrevista por motivo de doença e não forneceu seu celular para download forense. Apesar de repetidos pedidos, ele posteriormente não remarcou a entrevista e acabou fornecendo um telefone alternativo que não continha os dados originalmente solicitados. 

Em 29 de julho de 2017, Zuluaga Gaviria foi provisoriamente suspenso de jogar pelo Prof. McLaren. Essa decisão foi reconfirmada em 21 de setembro de 2017, como resultado do contínuo descumprimento de normas do jogador. A suspensão de três anos aplica-se com efeito imediato e significa que ele não tem permissão para competir ou participar de qualquer torneio ou evento organizado ou sancionado pelos órgãos governamentais do esporte.

Comentários
Raquete novo
Suzana Silva