Notícias | Dia a dia
Becker defende decisão de Federer ao evitar saibro
30/04/2018 às 09h08

Federer está há dois anos sem pisar no saibro

Foto: Arquivo

Nova York (EUA) - O alemão Boris Becker saiu em defesa do suíço Roger Federer quanto à decisão de saltar toda a temporada de saibro pelo segundo ano consecutivo. Aos 36 anos, Federer optou por se poupar fisicamente para a fase de grama do circuito, uma opção que deu resultados em 2017, levando o suíço aos títulos de Halle e de Wimbledon.

No começo desta temporada, Federer sinalizou que poderia disputar "um ou dois" torneios sobre o saibro, mas ao ser rapidamente eliminado ainda na estreia de Miami, acabou com o suspense e anunciou que a terra estava novamente fora do seu calendário.

A decisão gerou críticas diretas do ex-profissional Ion Tiriac, que é o proprietário do Masters de Madri. "Federer não se comporta de forma correta. Seu enfoque não é justo, ao selecionar apenas os torneios que deseja jogar. Não se vê isso em outros esportes", atacou o empresário.

Em entrevista ao site Tennis World, Becker diz concordar com Tiriac sobre essa permissão de os tenistas escolherem torneios, mas ao mesmo tempo afirma que Federer ganhou esses direito por seu intenso calendário dos últimos 14 anos. "No entanto, Federer está em outro nível. É o melhor de todos os tempos, um tenista incrível. Ele fez tudo certo e sua decisão de evitar o saibro tem de ser respeitada".

Federer só deve retornar ao circuito no dia 18 de junto para disputar o ATP 500 de Halle. No ano passado, jogou uma semana antes em Stuttgart, mas até o momento o suíço não confirmou participação.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis