Notícias | Dia a dia
Painel independente aponta 'tsumani' de corrupção
25/04/2018 às 14h34

Londres (Inglaterra) - Um esperado estudo sobre a corrupção no tênis foi divulgado nesta quarta-feira e apontou um panorama nada positivo no tênis mundial. De acordo com a reportagem da BBC, um Painel Independente de Revisão (IRP) apontou um "tsunami" de resultados arranjados, principalmente nos torneios menores.

Também não foi encontrado vestígio algum de que as entidades reguladoras como a Unidade de Integridade no Tênis (TIU) estejam envolvidas encobrindo casos. Além disso, falou-se que não encontraram qualquer envolvimento de jogadores do topo do ranking.

O estudo durou dois anos conversando com mais de 100 pessoas envolvidas no tênis e segundo a BBC custou quase R$ 100 milhões. Só de jogadores foram ouvidos 3.200 profissionais através de questionários, nos quais 464 afirmaram já terem sido abordados por apostadores.

Tudo começou em 2016, quando uma investigação da BBC e do BuzzFeed News descobriu um esquema de apostas e jogos arranjados, encontrando um número grande de corrupção nos níveis menores e intermediários do circuito. Curiosamente, 80% das partidas suspeitas ocorreram no masculino.

Responsável por comandar o estudo, Adam Lewis garantiu que os fãs que acompanham os grandes torneios podem ficar tranquilos com a idoneidade dos resultados. "Os dados mostram que há muito pouco incentivo para que haja uma violação no alto nível, portanto é muito improvável de acontecer algo do gênero", explicou.

Foi apontado que o período em que mais jogos são corrompidos é entre outubro e dezembro, quando duas ou três partidas por dia, em média, são manipuladas em nível ITF. Por isso foi sugerido que os dados de placar ao vivo destes torneios sejam encerrados, pois eles só ajudam a aumentar o problema

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG