Notícias | Dia a dia
Menezes é finalista na Nigéria, Pereira faz semi
20/04/2018 às 13h25

Menezes disputará a sexta final da carreira e tenta o quarto título

Foto: Arquivo

Abuja (Nigéria) - O mineiro João Menezes é finalista do future de US$ 25 mil disputado nas quadras duras de Abuja, na Nigéria. Nesta sexta-feira, Menezes foi pouco exigido pelo ucraniano Danylo Kalenichenko e marcou um duplo 6/1 em apenas 62 minutos de partida.

Aos 21 anos, Menezes disputará a sexta final de future na carreira e a primeira na temporada. Dono de três títulos deste porte, o jovem mineiro enfrentará o sueco Markus Eriksson, principal cabeça de chave do torneio e 314º do ranking. O duelo entre eles é inédito no circuito.

A campanha até a final rende 20 pontos no ranking a Menezes, com possibilidade de 35 em caso de título. Os resultados serão computados na lista do dia 30 de abril. Sem resultados a defender este mês, o mineiro certamente terá o melhor ranking da carreira. O atual número 500 do mundo tem como recorde pessoal o 495º lugar obtido em outubro último.

Menezes irá aparecer entre os 450 melhores do mundo quando os pontos forem computados e pode entrar no grupo dos 400 se for campeão. Em termos de tênis nacional, o mineiro certamente irá ultrapassar Bruno Sant'Anna e poderá tomar as posições de Karue Sell -que vai ganhar 27 pontos na próxima segunda-feira- e Pedro Sakamoto para se tornar o número 8 do Brasil se for campeão.

Pereira faz semi nos EUA - Em seu terceiro future seguido nos Estados Unidos, José Pereira disputará uma semifinal pela primeira vez. O pernambucano é o cabeça 4 no torneio de US$ 15 mil disputado no saibro de Orange Park, na Flórida, e venceu nesta sexta-feira o cabeça 6 chileno Alejandro Tabilo por 6/4 e 6/3.

Dono de onze títulos de nível future na carreira, Pereira tenta alcançar sua 27ª final. O pernambucano de 27 anos atualmente no 592º lugar do ranking e teve como melhor marca a 232ª posição alcançada em 2015. Seu adversário na semifinal será o norte-americano Noah Rubin, principal cabeça de chave do torneio e 247º colocado. 

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis