Notícias | Dia a dia
Andújar leva convites para Barcelona e Madri
17/04/2018 às 08h09

Andújar já foi o 32º do mundo em 2015

Foto: Fotojump

Madri (Espanha) - Os últimos dias de Pablo Andújar não poderiam ser melhores. Depois de conquistar o título do ATP 250 de Marrakech, o veterano espanhol teve outras duas boas notícias, levando convites para as chaves principais do Masters 1000 de Madri e do ATP 500 de Barcelona.

Aos 32 anos, Andújar passou por duros momentos na carreira, encarou três cirurgias no cotovelo nos últimos anos e correu o risco de não voltar mais a jogar. Mas ele conseguiu dar a volta por cima e no último domingo levantou a sua quarta taça da carreira, saltando da 355ª para a 154ª posição.

Em Barcelona, o experiente atleta da casa tem cinco participações e uma ótima campanha na última vez que jogou lá, ficando com o vice de 2015, quando bateu rivais do calibre de David Ferrer, Fabio Fognini e Feliciano López para só perder na final diante do japonês Kei Nishikori.

Andújar também tem um desempenho destacável na capital espanhola, chegando à semi de 2013, parando apenas no compatriota Rafael Nadal. "Agradeço a toda organização, jogar em Madri é muito especial para mim e me deixa muito feliz", comemorou.

"Estou recuperando meu nível aos poucos e quero voltar ao top 50. Agradeço a Manolo Santana, Gerard Tsobanian, Feliciano López e Alberto Berasategui, por me darem essa oportunidade de disputar um torneio desta magnitude. É um orgulho jogar um Masters 1000 dentro de casa", finalizou.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis