Notícias | Dia a dia
Andújar leva o tri no Marrocos e salta no ranking
15/04/2018 às 12h59

Andújar já havia vencido dois títulos em Casablanca

Foto: Divulgação

Marrakech (Marrocos) - Depois de por três cirurgias no cotovelo nos últimos anos, o espanhol Pablo Andújar não poderia reencontrar o caminho das conquistas em outro lugar que não no saibro marroquino, onde agora tem três títulos. Neste domingo, ele sagrou-se campeão do ATP 250 de Marrakech ao bater na final o britânico Kyle Edmund com duplo 6/2, em 1h22 de jogo.

Jogando com o ranking protegido, Andújar entrou no torneio como o 355º do mundo, mas com a taça conquistada dará um grande salto no ranking. Ex-número 32, ele vai ganhar mais de 200 colocações e aparecerá na lista da próxima segunda-feira na 154ª posição.

Este foi o quarto título da carreira do espanhol de 32 anos, todos eles no saibro, sendo que duas das outras três conquistas foram neste mesmo evento, só que em Casablanca (2012 e 2011). O outro troféu erguido veio em Gstaad, quatro anos atrás. Com o título, Andújar levará para casa um prêmio de 85 mil euros, ao passo que Edmund ficará com cheque de 44.770 euros.

Andújar se tornou o jogador com ranking mais baixo a vencer um título de ATP desde 1998, quando o australiano Lleyton Hewitt, então 550 do mundo, triunfou em Adelaide. Ele começou com tudo na final deste domingo e logo de cara abriu confortável vantagem de 5/1 para cima do britânico de 23 anos, que até chegou a ameaçar devolver mais uma das quebras que tinha de desvantagem, mas acabou não conseguindo.

O segundo set teve uma história semelhante, novamente com o espanhol dando as cartas e Edmund sem encontrar brechas para o seu lado. Uma quebra logo no primeiro game deixou Andújar cada vez mais perto da vitória, algo que se ampliou com o segundo break, desta vez no quinto game. O jogo ainda teve mais uma quebra para cada lado o triunfo ficou mesmo nas mãos do mais experiente em quadra, adiando a primeira conquista de Edmund no circuito.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis