Notícias | Copa Davis
'Não senti a lesão', afirma Nadal após retorno
06/04/2018 às 18h04

Nadal fez seu primeiro jogo desde o Australian Open

Foto: Paul Zimmer/ITF

Valência (Espanha) - Depois de vencer seu primeiro jogo desde o Australian Open, Rafael Nadal falou sobre o retorno às quadras nesta sexta-feira pela Copa Davis. O espanhol comemorou a vitória por 6/2, 6/2 e 6/3 contra o alemão Philipp Kohlschreiber e não sentiu os efeitos da lesão na perna direita que o tirou dos torneios de Acapulco, Indian Wells e Miami.

"Do ponto de vista físico, não há nada para comentar, não senti nada da lesão", disse Nadal após a partida desta sexta-feira. "Até eu dispute alguns jogos e recupere confiança, não posso dizer que tudo está indo bem. Sempre há dúvidas, mas hoje não tive nenhum problema".

"O primeiro ponto que eu disputei desde que desisti de Acapulco foi aqui segunda-feira. Foi uma preparação curta, mas esta semana está me ajudando muito. As sensações foram positivas, treinei bem durante toda a semana e só precisava competir. Eu provavelmente joguei um pouco pior do que treinei", avaliou o espanhol sobre seu desempenho em quadra.

"Jogar em casa é sempre fantástico", comentou sobre a atmosfera na Praça de Touros de Valência. "Foi um dia inesquecível. É sempre difícil voltar de lesão, mas jogar diante da minha torcida tornou isso um pouco mais fácil. Estou feliz pela vitória".

No próximo domingo, Nadal terá pela frente o número 4 do mundo Alexander Zverev. "O jogo no domingo é decisivo, seja em caso de vitória ou de derrota. Vai ser um jogo muito importante e contra um adversário muito difícil, que vem de uma final em Miami. Tenho que ser realista sobre a dificuldade, mas também sei que nós estamos jogando em casa e chegamos com muita vontade de vencer".

Sobre a possibilidade de ser escalado para a partida de duplas, Nadal desconversou. "Eu não posso responder porque ainda não falei com o Sergi [Bruguera, capitão da equipe espanhola]".

O número 1 do mundo também falou sobre o recorde que estabeleceu com 23 vitórias seguidas entre jogos de simples e duplas, feito inédito considerando as duas modalidades. "Todas essas coisas são secundárias, o importante é chegar no domingo e vencer o confronto. Eu não tinha ideia desse número e para mim significa pouco. Estou feliz pela vitória de hoje, que foi o que precisávamos".

Comentários
Faberg
Roland Garros Series