Notícias | Dia a dia
Rogerinho luta e joga mais um Masters 1000
20/03/2018 às 16h19

Rogerinho saiu atrás no terceiro set, mas reagiu

Foto: Arquvo

Miami (EUA) - Em uma batalha de 2h44, o paulista Rogério Silva conseguiu sua segunda vitória no qualificatório para o Masters 1000 de Miami e assim irá disputar seu terceiro torneio dessa envergadura em sua carreira. O número 115 do ranking superou o canadense Peter Polansky por 2 sets a 1 e parciais de 6/3, 6/7 (5-7) e 6/4.

Rogerinho teve uma largada sólida na partida e conseguiu abrir 4/1 logo de cara. Depois de obter vantagem, o paulista precisou apenas administrar a quebra de frente até o final para fechar o primeiro set e largar na frente de Polansky.

Na segunda parcial foi o canadense que saiu na frente, marcou 5/2 e então deu uma derrapada. Ele teve dois set-points no saque de Rogerinho e depois mais dois no seu, perdeu ambos e viu o rival devolver a quebra de frente, levando a decisão para o tiebreak.

Com três pontos de saque perdidos, o brasileiro se deu mal no desempate e teve que jogar mais um set, em que novamente saiu atrás. Recuperou-se no sexto game e assumiu a liderança em seguida, com 4/3. Por fim, garantiu a vitória num game muito longo, em que Polansky ainda salvou três match-points antes de cair.

Após o término do qualificatório, o adversário de estreia de Rogerinho em Miami foi definido por meio de sorteio. O número 1 do Brasil desafia o 90º colocado francês Jeremy Chardy, para quem perdeu no único duelo anterior, disputado em um challenger de 2006. Em caso de vitória, o paulista pode enfrentar outro francês, o ex-top 10 Richard Gasquet.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva