Notícias | Dia a dia
Tommy Haas enfim oficializa a aposentadoria
16/03/2018 às 15h18

Haas ocupa atualmente o 259º lugar no ranking

Foto: Divulgação

Indian Wells (EUA) - O alemão Tommy Haas oficializou nesta quinta-feira sua aposentadoria como tenista profissional. Sem jogar no circuito desde julho de 2017, ele fez o anúncio após a vitória do amigo Roger Federer pelas quartas de final do Masters 1000 de Indian Wells, torneio do qual é diretor desde junho de 2016.

"Eu me considero um cara extremamente sortudo de poder ter seguido jogando por mais de duas décadas. O esporte me deu grandes amizades, a possibilidade de viajar o mundo e oportunidade de guardar incríveis recordações. Além de tudo, me ensinou muito como encarar os desafios e superá-los", disse o alemão de 39 anos.

"Agradeço aos meus pais, à minha esposa e meus filhos por todo o amor e apoio que me deram durante todos esses anos no circuito. Também tenho que agradecer os fãs por torcerem por mim durante minha carreira", acrescentou Haas, que chegou a ser número 2 do mundo em 2002 e terminou oito temporadas no top 20.

O germânico faturou 15 títulos de simples em 28 finais, as últimas em 2013, quando levantou as taças em Munique e Viena. Em Grand Slam seu melhor desempenho foi chegar às semifinais, algo que fez três vezes no Australian Open (1999, 2002 e 2007) e uma em Wimbledon (2009).

Haas encerra a carreira como segundo alemão mais vitorioso da Era Aberta, somando 569 triunfos, atrás apenas de Boris Becker e seus 713. Entre outros momentos de destaque de sua carreira está a medalha de prata conquistada nos Jogos Olímpicos de Sydney, em 2000.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis