Notícias | Outros
Sete juvenis brasileiros estão no top 50 da ITF
12/03/2018 às 16h23

Klier saltou 67 posições e aparece agora no 35º lugar do ranking

Foto: Arquivo

Londres (Inglaterra) - Após uma sequência de três tonreios importantes em solo brasileiro para o circuito mundial juvenil da ITF, sete jogadores nacionaias posicionados entre os cinquenta melhores do mundo na categoria 18 anos masculino.

Destaque para Gilbert Klier Júnior, que na última semana foi campeão de simples e duplas na Copa Paineiras, torneio Sul-Americano Individual, de categoria GB1 do circuito. O brasiliense de 17 anos saltou 67 posições e aparece no 35º lugar do ranking.

Os dois melhores brasileiros no ranking mantiveram suas posições. O pernambucano João Lucas Reis permanece no 32º posto, seguido pelo paulista Mateus Alves na 34ª colocação.

Já com 18 anos e priorizando a transição para o circuito profissional, o ex-top 10 paranaense Thiago Wild é agora o 41º no ranking juvenil. Um pouco abaixo aparecem o mineiro João Ferreira em 45º, seguido pelos paulistas Igor Gimenez e Matheus Pucinelli que estão no 46º e 47º lugares da lista.

Abaixo dos sete brasileiros no top 50, o próximo jogador nacional na lista é o baiano Natan Rodrigues. Campeão de duplas no Paineira ao lado de Klier, ele subiu 15 posições e está no 116º lugar. Também no top 200 estão Mateo Barreiros Reyes no 134º lugar e Diego Padilha na 168ª posição.

Se entre os meninos, o Brasil é o país com o maior número de jogadores entre os cinquenta melhores do mundo, a situação é muito diferente no feminino. A mineira Marina Figueiredo, que completa 18 anos em abril, é a melhor brasileira e ocupa apenas o 249º lugar.

Apenas outras três brasileiras aparecem no ranking da ITF. A paulista Ana Luiza Cruz, de 16 anos, está na 304ª colocação. A próxima da lista é a também paulista Ana Paula Melilo, que está no 406º lugar. Já a goiana de 15 anos Nalanda Silva ocupa a 423ª posição, mas ainda tem até três temporadas de circuito pela frente.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva