Notícias | Dia a dia
Soares e Murray batem irmãos Bryan e levam o bi
04/03/2018 às 01h51

Soares e Murray são agora a quarta dupla da temporada

Foto: Divulgação

Acapulco (México) - Campeões do ATP 500 de Acapulco no ano passado, o mineiro Bruno Soares e o britânico Jamie Murray defenderam com sucesso o título e saíram desta edição do torneio com o bi. Na final deste sábado, eles tiveram a árdua tarefa de encarar os irmãos norte-americanos Bob e Mike Bryan, anotando parciais de 7/6(4) e 7/5.

O título foi o primeiro da parceria mineiro-britânica desde Queen's, em agosto do ano passado. Neste período, eles fizeram outras três finais e acabaram derrotados em todas. Além da premiação de US$ 106.620 que os dois irão dividir, Soares e Murray também darão um salto de 12 lugares na corrida da temporada, subindo para o quarto posto.

A primeira parcial foi equilibradíssima, com os sacadores prevalecendo. Apenas em dois games houve chances de quebra, primeiro no oitavo, quando Bruno e Jamie salvaram quatro break-points, e depois no 11º, quando foi a vez dos Bryan evitar as três chances de break que cederam aos adversários.

Com disputa tão acirrada, a definição foi para o tiebreak, em que o mineiro e o britânico começaram melhores e trataram de abrir 4-1 com duas mini-quebras. Os gêmeos norte-americanos até conseguiram devolver uma delas, mas pararam por aí e acabaram amargando a derrota no primeiro set.

O ritmo seguiu o mesmo para a segunda parcial, outra em que os sacadores fizeram a sua parte. O mineiro e o britânico foram os que mais sofreram, salvando cinco breaks. Do outro lado, os Bryan escaparam das duas primeiras chances de quebra cedidas, mas sucumbiram na que enfrentaram quando estavam servindo em 5/6 e com ela viram a derrota ser selada.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis