Notícias | Outros
Juvenil de Porto Alegre tem início nesta segunda
26/02/2018 às 08h00

Isabella Biffano passou o quali e estreia contra cabeça 3.

Foto: Miriam Jeske/Heusi Action

Porto Alegre (RS) - O 35º Campeonato Internacional Juvenil de Tênis de Porto Alegre tem início nesta segunda-feira. Dezesseis brasileiros estarão em ação nos 18 anos, em 32 partidas de simples, sendo quatro deles cabeças de chaves, na Associação Leopoldina Juvenil, a partir de 10 horas. Matheus Pucinelli, quadrifinalista na última edição e cabeça de chave 15, estreia contra o ucraniano Eric Vanshelboim, 150º do ranking, não antes de 16 horas. João Ferreira, 46º do ranking e cabeça 16, enfrenta o chileno Sebastian Welch. Matheus Alves, 14º favorito e 39º, mede forças contra o argentino Roman Burruchaga, 161º, também na parte da tarde, em torno das 14h30. O principal brasileiro ranqueado, João Lucas Reis, 33º, duela com o canadense Taha Baadi, 207º colocado, a partir de 13 horas.

O brasiliense Gilbert Klier, que treina no Rio de Janeiro e caiu no ranking por conta de lesões (é o 135º), disputa em Porto Alegre seu segundo evento da temporada. Ele fez quartas de final no ano passado, obtendo com Pucinelli o melhor desempenho brasileiro. Seu rival será o venezuelano Brandon Perez em torno de 14h30. "É um jogador alto, saca muito bem, mas se mexe mal em quadra. Qquando tiver oportunidade, vou tentar abrí-lo em quadra para fazê-lo correr. Treinei bem neste final de semana e me sinto bem para a estreia", disse o jogador que na primeira semana que jogou no ano foi às oitavas no Banana Bowl, perdendo no detalhe.

Além destes o Rio Grande do Sul é representado por Antonio Sasso, que joga na quadra principal contra o argentino Agustin Coppari a partir de 16h. Rafael Marques encara o americano William Grant, Rodrigo Carvalho mede forças contra o americano Brian Shi.

Nos 18 feminino, o destaque brasileiro do dia é a goiana Nalanda Teixeira da Silva, de 15 anos, que treina no Rio de Janeiro. A atleta recebeu o wild card e estreia contra a peruana Romina Ccuno, uma velha conhecida, em torno de 11h30.

“Vai ser um jogo duro, mas eu vou dar o meu melhor e tentar ganhar. Já joguei duas vezes com ela, uma eu venci e na outra perdi, mas as duas foram ao 3º set. Porém, faz tempo já, eu espero um bom jogo.” Nalanda venceu os 16 anos do Assunção Bowl, há pouco mais de uma semana. A conquista lhe garante neste momento a vice-liderança do ranking para o circuito europeu. A goiana disputa sua maior competição na carreira.

As brasileiras estarão em peso em quadra nesta segunda-feira. Serão seis ao todo. Ana Luiza Cruz, de São Paulo, pega a equatoriana Mell Reasco, que passou o quali, em torno de 11h30, na quadra principal. Reasco é filha do ex-jogador da seleção equatoriana de futebol, Neicer Reasco, que atuou na Copa do Mundo de 2006 e defendeu o São Paulo FC entre 2006 e 2008, ganhando dois Campeonatos Brasileiros, e com títulos da Copa Sul-americana e Recopa Sul-americana pela LDU, do Equador.

A catarinense Namie Isago enfrenta a oitava favorita, a georgiana Miriam Dalakashvili. Isabella Bifano, que passou o quali, encara a americana Alexa Noel, terceira cabeça de chave e 14ª do ranking. Thaís Andreotti mede forças contra a uruguaia Lucia de Santanna. Priscila Janikian, que também passou o quali, duela com a georgiana Zoziya Kardava.

A cabeça de chave número 1 do torneio é a colombiana Maria Osório Serrano e só estreia na terça-feira. Ela é a sexta colocada no ranking mundial juvenil e vem para o Campeonato Internacional Juvenil de Porto Alegre defender sua invencibilidade que dura 23 jogos e perdura desde o fim do ano passado no Masters juvenil.  Campeã na Costa Rica, Paraguai e Criciúma, ela encara a americana Vanessa Ong.

Estrangeiros passam o quali masculino - Os brasileiros não se deram bem no quali masculino. Três deles alcançaram a final do torneio, mas foram derrotados. Victor Castro caiu diante do argentino Luciano Tacchi. Victor Pilla perdeu do russo Ilarion Danilchenko e Murilo Salviato foi derrotado pelo também argentino Juan Batista Torres. Os demais classificados foram o canadense Liam Draxl, o argentino Bruno Caula, o italiano Marco Furlanetto e o romeno David Ionel. O gaúcho Guilherme Toresan se despediu na segunda fase do qualificatório.

Favorita estreia nos 16 anos - A favorita da categoria 16 anos, a uruguaia Guillermina Grant, número 1 do ranking sul-americano, estreia nesta segunda-feira na Sogipa, que sedia as categorias 16, 14 e 12 anos e Tennis Kids. Ela enfrenta a brasileira Eduarda Tanabe não antes de 15h30. Nos 14 anos, o gaúcho Gustavo Tedesco, de Caxias do Sul, enfrenta o brasileiro Pedro Abdalla. Tanto os 16 quanto os 14 contam pontos para o ranking sul-americano. Serão ao todo 70 partidas começando às 8h30 e também haverá o início do quali dos 12 anos.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva