Notícias | Dia a dia | Rio Open
Schwartzman freia sensação chilena e vai à final
24/02/2018 às 18h42

Schwartzman fará sua quarta final e busca segundo titulo

Foto: Fotojump

Rio de Janeiro (RJ) - Pela primeira vez na carreia o argentino Diego Schwartzman irá disputar uma final de ATP 500. Neste sábado ele garantiu sua vaga na decisão do Rio Open ao frear a sensação do torneio, o chileno Nicolás Jarry, vencendo em sets diretos, com parciais de 7/5 e 6/2.

Além de festejar a possibilidade de conquistar seu maior título, o "hermano" também vai garantir sua estreia no top 20. Com a campanha no saibro carioca, Schwartzman assegura ao menos um lugar como 20º do mundo, podendo ser 19º se o italiano Fabio Fognini for derrotado na outra semi.

Schwartzman alcançará, na melhor das hipóteses, o 18º lugar, caso seja campeão na final de domingo, que acontecerá às 17h (horário de Brasília). Ele espera pelo vencedor da partida que de um lado terá Fognini e do outro o espanhol Fernando Verdasco.

Caso o adversário seja Fognini, o duelo servirá de tira-teima, já que nos dois encontros anteriores cada um venceu um, Schwartzman levou a melhor no sintético de Viena (2017) e o italiano no saibro do Brasil Open (2015). Já contra Verdasco, o argentino se deu bem na única vez que mediram forças, dois anos atrás em Nice.

A partida começou bastante equilibrada e a decisão do primeiro set veio no detalhe. Schwartzman foi o primeiro a quebrar, chegou a sacar em 5/4 para fechar, mas perdeu o saque neste momento. Contudo, Jarry vacilou logo em seguida, deixou o argentino abrir 6/5, novamente servindo para a parcial e desta vez ele não deixou a chance passar.

No segundo set, o chileno de 22 anos confirmou no primeiro game e depois perdeu cinco seguidos. O argentino precisou apenas administrar a vantagem de dois breaks até o fim. Ele chegou a perder um match-point no saque de Jarry e só foi mesmo fechar em seu serviço.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series