Notícias | Dia a dia | Rio Open
Schwartzman celebra evolução passo a passo
23/02/2018 às 23h41

Schwartzman fez quartas em 2017 e agora faz semi

Foto: Fotojump

Rio de Janeiro (RJ) - Semifinalista do Rio Open, o argentino Diego Schwartzman vem construindo sua carreira dando um passo de cada vez. O mesmo acontece em seu histórico no torneio, em que a cada ano ele avança uma rodada a mais. Na edição de estreia ele caiu na última rodada do quali, em seguida parou na estreia, foi à segunda rodada em 2016 e às quartas em 2017.

Desta vez ele seguiu o caminho e se garantiu na semi. "Já vim ao Rio muitas vezes e quase sempre ganhei partidas aqui, fiz quartas no ano passado. Minha carreira foi toda melhorando passo a passo. Claro que há jogadores que com 18 ou 19 anos já ganham torneios da ATP, mas fico feliz pelo caminho que construí", comentou o argentino que pode entrar para o top 20 pela primeira vez.

Para carimbar seu lugar na penúltima rodada do torneio, Schwartzman precisou superar o francês Gael Monfils nas quartas de final, em uma partida em que saiu com quebra atrás nas duas parciais. "Conseguir dar a volta por cima em ambos os sets, joguei meu melhor tênis e isso me dá ainda mais confiança para a semifinal", disse o 23º no ranking da ATP.

O adversário de Schwartzman na semifinal será a maior surpresa da competição, o jovem chinelo Nicolas Jarry, que tirou o uruguaio Pablo Cuevas, campeão de 2016. "Espero que a quadra esteja mais lenta possível e que o saque dele não funcione tão bem", comentou o argentino sobre o próximo adversário no saibro carioca.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series