Notícias | Outros
Embalada colombiana é finalista no Banana Bowl
23/02/2018 às 18h24

Maria Camila Osorio Serrano venceu 22 jogos seguidos e tem três títulos no ano

Foto: Matheus Joffre/CBT

Criciúma (SC) - A rodada desta sexta-feira do 48º Banana Bowl definiu finalistas das chaves de simples masculina e feminina na categoria 18 anos do mais tradicional torneio juvenil disputado no Brasil. O destaque fica para a colombiana Maria Camila Osorio Serrano, que venceu seu 22º jogo seguido e se garantiu na decisão do evento disptuado no saibro da Sociedade Recreativa Mampituba, em Criciúma.

Osorio Serrano venceu todos os jogos que fez neste início de temporada no circuito mundial juvenil da ITF. Principal favorita no Banana Bowl, a colombiana que completou 16 anos em dezembro já venceu títulos na Costa Rica, Paraguai e Colômbia neste início de temproada e ocupa o sexto lugar no ranking da categoria.

Nesta sexta-feira, Osório Serrano ampliou sua série invicta ao vencer a norte-americana Vanessa Ong por 6/4 e 6/3. Sua adversária na decisão marcada para às 9h30 (de Brasília) deste sábado é Alexa Noel, também dos Estados Unidos. A americana de apenas 15 anos e 14ª do ranking venceu a compatriota Kacie Harvey por 7/6 (7-5) e 6/1.

No masculino, Sebastian Baez segue confirmando sua condição de principal cabeça de chave. O número 8 do mundo venceu um duelo argentino contra Facundo Diaz Acosta por 6/4 e 7/6 (10-8) e vai enfrentar na final o norte-americano Tristan Boyer, que venceu o francês Clement Tabur por 7/6 (7-2), 6/7 (4-7) e 6/3.

Nas duplas, o catarinense Mateo Barreiros Reyes perdeu na semifinal e encerrou a participação brasileira no torneio. Reyes e o búlgaro Leonid Sheyngezikht caíram diante do colombiano Nicolas Mejia e do norte-americano Drew Baird por 7/6 (8-6) e 7/6 (7-3). A final acontece ainda nesta sexta-feira contra Baez e Tabur. A georgiana Mariam Dalakishvili e a polonesa Ania Hertel foram campeãs nas duplas femininas. A parceria europeia superou a dupla dos Estados Unidos formada por Elizabeth Mandlik e Alexa Noel por 6/3, 5/7 e 10-7.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis