Notícias | Dia a dia | Rio Open
Rio Open: dia inesquecível para pessoas com deficiência
21/02/2018 às 20h21

Participantes da clínica inclusiva.

Foto: Fotojump

Rio de Janeiro (RJ) - O Rio Open proporcionou um dia de fortes emoções para jovens de projetos sociais, que tiveram a oportunidade de conhecer o torneio nesta quarta-feira, e para pessoas com deficiência, participantes de uma clínica de tênis com a presença da brasileira Maria Esther Bueno, campeã de 19 Grand Slams, e do argentino Nicolas Kicker, classificado para as oitavas de final. Os ingressos para o Rio Open estão à venda no site www.tudus.com.br/rioopen. As rodadas de sexta-feira (23) e sábado (24) estão com ingressos esgotados.

Um grupo de 70 crianças do Projeto de Tênis do Parque Leopoldina, em Bangu, e do Projeto Quero Tênis, de Campo Grande, ambos na zona Oeste do Rio, foi recepcionado pelo tenista Rogério Dutra Silva na Praça Rio Open. Os projetos sociais, apoiados pela Secretaria do Estado de Esporte, Lazer e Juventude do Estado do Rio, receberam raquetes da organização do torneio além de convites para os jovens acompanharem os jogos.

"Apoiar os projetos sociais é fundamental para que o futuro do esporte seja garantido. Quantas crianças das comunidades não serão os atletas renomados de amanhã. É importante alimentar o sonho dessas crianças, que nunca tiveram a oportunidade de sair das suas comunidades, trazendo para um torneio dessa importância, vendo jogadores renomados, assistir um jogo na quadra central. Eles nunca vão esquecer essa experiência", disse o secretário Thiago Pampolha.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series