Notícias | Dia a dia
Dimitrov sentiu mal estar, Roterdã bate recorde
19/02/2018 às 09h34

Dimitrov não passou bem na noite de sábado

Foto: Arquivo

Roterdã (Holanda) - O búlgaro Grigor Dimitrov não quis arrumar desculpas para sua atuação muito irregular durante a final do ATP 500 de Roterdã deste domingo, em que ficou apenas 55 minutos em quadra e levou duplo 6/2 do amigo suíço Roger Federer.

Mais tarde, o diretor do torneio e ex-top 10 Richard Krajicek revelou que Dimitrov passou mal durante toda a noite, sem entrar em detalhes. "Ele ficou doente na noite de sábado e obviamente não estava 100%", escreveu na sua conta do Twitter. "Me pediu desculpas por isso várias vezes e eu o agradeci por ter ido até o fim da partida. Mostrou muita classe".

Krajicek também anunciou que o ATP 500 disputado desde 1974 na cidade bateu seu recorde de público, com a venda de 120 mil ingressos nos sete dias de competição.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva