Notícias | Dia a dia | Rio Open
Cilic vive experiência completa no Rio de Janeiro
18/02/2018 às 19h29

Rio de Janeiro (RJ) - O simpático croata Marin Cilic, número 3 do ranking mundial, aproveitou os dias antes de sua estreia no Rio Open para viver duas experiências marcantes para quem visita a cidade. No sábado à tarde, o campeão do US Open-2014 e vice-campeão do Aberto da Austrália-2018 e vice em Wimbledon-2017 subiu no topo da estátua do Cristo Redentor. O maior torneio de tênis da América do Sul começa nesta segunda-feira, no Jockey Club Brasileiro.

Emocionado, classificou o passeio como inesquecível. "Senti meu coração batendo mais forte", disse o tenista de 1,98m, que teve que ter habilidade para se abaixar e passar na parte estreita que leva ao topo do monumento. "Me sinto como o Indiana Jones, mas ele é mais rápido do que eu", brincou.

Mais tarde, acompanhado dos jogadores Marcelo Melo, Fabio Fognini, e Lukasz Kubot, Cilic caiu no samba no Desfile das Campeãs do Carnaval do Rio. Convidado pela Mangueira, arriscou uns passos na Sapucaí e esbanjou simpatia.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series