Notícias | Dia a dia
Federer derrota outro 'freguês' e busca 97º título
17/02/2018 às 18h05

Federer busca o terceiro troféu em Roterdã

Foto: Arquivo

Roterdã (Holanda) - O suíço Roger Federer superou dificuldades ao longo do primeiro set, mas teve paciência para recuperar a confiança e controlar o italiano Andreas Seppi pela 14ª vez em 15 duelos. Com o placar de 6/3 e 7/6 (7-3), o futuro número 1 do mundo avançou à final do ATP 500 de Roterdã e irá buscar neste domingo o 97º troféu da carreira.

Seu adversário na decisão será o amigo pessoal Grigor Dimitrov, depois que o búlgaro e cabeça 2 se favoreceu de um acidente com o belga David Goffin e precisou de apenas um set para garantir sua vaga. Federer também tem considerável vantagem sobre Dimitrov nos confrontos diretos, tendo vencido todos os seis com apenas dois sets permitidos.

Além de ficar ainda mais perto do sonhado 100º troféu da carreira, o tricampeonato em Roterdã - ele ganhou também em 2005 e 2012 - tem importância para o ranking. Caso conquiste os 500 pontos, Federer garantirá a posição até iniciar a defesa do título de Indian Wells e não poderá ser ultrapassado por Rafael Nadal qualquer que seja a campanha do espanhol em Acapulco, que começa dentro de oito dias.

Invicto em todos seus 11 jogos desta temporada - sem falar nos quatro da Copa Hopman, que não são considerados por serem exibições -, Federer superou um início irregular. Salvou dois break-points no segundo game, quebrou mas cedeu o serviço. O equilíbrio seguiu até 3/3, com atuação firme do italiano. Porém, devoluções firmes e golpes agressivos passaram a surtir efeito e aí o suíço ganhou mais três games seguidos.

O segundo set viu os dois tenistas firmes no serviço, com aproveitamento do primeiro saque de Federer subindo a 70%. Atual 81º do ranking aos 33 anos, Seppi suportou a pressão e ainda começou o tiebreak com quebra, porém o suíço adotou postura muito ofensiva e reagiu. Foi a quinta vitória seguida do suíço desde a derrota inesperada no Australian Open de 2015.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis