Notícias | Dia a dia
Bellucci dá sorte na chave e estreia já na segunda
11/02/2018 às 20h45

Bellucci vai encarar um convidado da casa

Foto: Divulgação

Buenos Aires (Argentina) - O paulista Thomaz Bellucci irá estrear na chave principal do ATP 250 de Buenos Aires já nesta segunda-feira por volta das 17h (horário de Brasília). Após entrar na competição através do quali, ele conheceu neste domingo sua caminhada no torneio e deu sorte no chaveamento, pegando uma estreia bastante acessível.

Seu primeiro rival será o convidado da casa Pedro Cachim, de 22 anos e atual 272 do mundo, que busca ainda uma primeira vitória na carreira em nível ATP. Eles nunca se enfrentaram no circuito, mas se depender do histórico do canhoto de Tietê contra rivais fora do top 100 ele tem 67% de aproveitamento, com 245 vitórias e 119 derrotas.

"Ele é outro argentino, um convidado do torneio que saca bem e tem uma direita boa. Vai ser bom fazer a minha terceira partida seguida. Fisicamente estou bom e assim vou entrando em ritmo e aos poucos vou voltando a um nível legal de tênis", analisou Bellucci, que também falou sobre sua vitória na última rodada do quali.

"O jogo hoje foi bom. Comecei com um ritmo legal. Estava dominando tudo até o 6/2 4/1 e ele estava meio perdido. Mas começou a subir o nível, foi buscar o jogo e eu até tive uma dificuldade de fechar o saque no 4/4, mas mantive a calma e a paciência e fechei o jogo em 6/4, mesmo com as condições difíceis e muito vento", explicou o paulista.

Caso passe pela estreia, Bellucci terá pela frente, na segunda rodada, o vencedor do embate entre o local Diego Schwartzman, cabeça de chave 5, e o austríaco Andreas Haider-Maurer. Nas quartas, ele pode cruzar com o espanhol Albert Ramos, terceiro mais bem cotado e que chega embalado após o vice em Quito.

Rogério Silva, mais um que entrou através do quali, também viu a definição de seu lugar na chave. O paulista pegou um caminho um mais duro do que o conterrâneo e terá pela frente o argentino Leonardo Mayer. Quem passar terá a árdua missão de encarar o italiano Fabio Fognini, que sai adiantado por ser o terceiro mais bem cotado ao título, na segunda partida.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva