Notícias | Dia a dia
Wawrinka dispara 16 aces e vence de virada em Sófia
08/02/2018 às 17h57

Wawrinka agora vai enfrentar Troicki, a quem derrotou oito vezes seguidas

Foto: Divulgação

Sófia (Bulgária) - Principal nome do ATP 250 de Sófia, Stan Wawrinka estreou com vitória no torneio búlgaro disputado em quadras duras e cobertas. Ex-top 3 e agora número 15 do mundo, o experiente suíço de 32 anos disparou 16 aces na vitória de virada sobre o canhoto eslovaco Martin Klizan por 4/6, 6/2 e 6/3 em 1h59 de partida nesta quinta-feira.

Garantido nas quartas de final em Sófia, Wawrinka joga nesta sexta-feira contra o sérvio Viktor Troicki, que derrotou o uzbeque Denis Istomin por 7/6 (7-4), 1/6 e 7/6 (7-5) em 2h07 de partida. O histórico do confronto é amplamente favorável ao suíço, que levou a melhor em todos os oito duelos anteriores contra o rival que ocupa atualmetne o 67º lugar do ranking.

Embora tenha disparado seis aces durante o set inicial, Wawrinka vinha bastante irregular em seus games de saque, especialmente quando precisava atuar com o segundo saque. O suíço venceu só quatro dos treze pontos jogados nessas condições e abriu a possibilidade para que Klizan tivesse chances de quebra.

Em um game muito ruim do ex-top 5, repleto de erros não-forçados, o canhoto eslovaco passou à frente no placar no sétimo game. Logo na sequência, Klizan enfrentaria um break point pela única vez em todo o set, mas conseguiu manter a vantagem. Wawrinka até salvou um set point em seu saque no nono game, mas não conseguiria devolver a quebra.

O segundo set começou com Wawrinka mais seguro em seus games de saque e jogando de maneira agressiva. O suíço quebraria pela primeira vez na partida com uma devolução vencedora com o forehand na paralela. Depois de salvar dois break points, o campeão de três Grand Slam abriu boa vantagem. Quando já perdia por 5/2, Klizan cometeu uma dupla-falta e dois erros e logo se viu em 0-40. Com a chance de fechar o set, Wawrinka soltou o braço de novo e anotou mais um winner de devolução, desta vez com o backhand na cruzada.

Wawrinka abriu o terceiro set salvando dois break points com ótimos saques e não teria mais o saque ameaçado, conseguindo sete aces em toda a parcial. A quebra viria no quarto game, o único em que teve condições de ameaçar o serviço de seu adversário. A mínima vantagem estabelecida foi mantida até o final do jogo na capital búlgara.

Também avançou o luxemburguês Gilles Muller, que precisou de 2h33 para superar sua rodada de estreia. Terceiro favorito no torneio, o canhoto de 34 anos e 28º do mundo virou o jogo contra o italiano Andreas Seppi por 4/6, 7/6 (7-5) e 7/6 (7-2). Muller enfrenta nas quartas o romeno Marius Copil, 93º, a quem derrotou no único duelo anterior. A vaga de Copil veio após a vitória por duplo 6/2 sobre o esloveno Blaz Kavcic.

Quem não teve a mesma sorte foi Adrian Mannarino. Cabeça de chave número 2, o francês permitiu a virada ao cipriota Marcos Baghdatis com parciais de 6/7 (4-7), 6/3 e 6/1. Baghdatis agora enfrenta o eslovaco Jozef Kovalik nas quartas. Ainda nesta quinta-feira, o alemão Maximilian Marterer supreendeu o cabeça 7 português João Sousa ao marcar as parciais de 7/5 e 7/6 (8-6) e garantiu duelo contra o bósnio Mirza Basic.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis