Notícias | Dia a dia | Australian Open
Bruno desperdiça match-point e acaba eliminado
20/01/2018 às 01h17

Soares e Murray não tiveram dia tão inspirado

Foto: Divulgação

Melbourne (Austrália) - Não durou muito a campanha do mineiro Bruno Soares e do britânico Jamie Murray neste Australian Open. Embora ostentassem a condição de quinta dupla mais bem cotada, eles não passaram da segunda rodada no torneio, sendo derrotados neste sábado pelos indianos Leander Paes e Purav Raja em confronto equilibradíssimo definido com parciais de 7/6 (7-3), 5/7 e 7/6 (8-6).

Depois de ficarem quase três horas em quadra para derrubar Soares e Murray, a parceria indiana de Paes e Raja terá pela frente, nas oitavas de final, os colombianos Juan Sabastian Cabal e Robert Farah, cabeças de chave 11, que garantiram a vaga um dia antes ao bater o austríaco Alexander Peya e o croata Mate Pavic com placar final de 7/6 (7-5) e 7/5.

Campeões do primeiro Grand Slam da temporada em 2016, Soares e Murray não estavam em um dos melhores dias da parceria e para piorar contaram com um Paes inspirado. A primeira parcial esteve nas mãos do mineiro e do britânico, que tiveram quebra de frente em duas oportunidades e chegaram a ter um set-point, mas não aproveitaram a chance e acabaram superados no tiebreak.

O segundo set tão equilibrado quanto o primeiro e as chances de quebra vieram apenas na reta final. Bruno e Jamie conseguiram bater o saque dos indianos no 11º game, concluindo o segundo break-point que tiveram e em seguida foram sacar para empatar, salvando cinco breaks para levar a definição adiante.

A partida seguiu muito disputada e parelha no set decisivo e mais uma vez a definição foi para o tiebreak, já que nenhuma das duplas conquistou uma quebra sequer. Soares e Murray chegaram a ter um mini-break de frente e também um match-point no saque de Raja, mas nada disso abalou a confiança dos indianos, que fecharam o jogo quebrando o saque de Bruno.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series