Notícias | Dia a dia
Vítima de Rogerinho avança como lucky-loser
09/01/2018 às 13h09

Lacko garantiu lugar na segunda rodada em Auckland

Foto: Divulgação

Auckland (Nova Zelândia) - Derrotado pelo paulista Rogério Silva na última rodada do quali do ATP 250 de Auckland, o eslovaco Lukas Lacko entrou na chave principal como lucky-loser e acabou indo mais longe do que o algoz. Ele levou a melhor contra o jovem grego Stefanos Tsitsipas, convidado da organização, triunfando com parciais de 6/3, 6/7 (5-7) e 6/3.

Na segunda rodada, o eslovaco terá pela frente Robin Haase, que largou muito mal contra o jovem norueguês Casper Ruud, que veio do quali e anotou um "pneu" no primeiro set. Mas o holandês deu a volta por cima de venceu de virada, anotando placar final de 0/6, 7/6 (8-6) e 6/3.

Outros três jogadores entraram como lucky-losers, mas nenhum teve a mesma sorte de Lacko e todos foram eliminados na estreia. Um deles, o jovem norte-americano Tennys Sandgren, não foi páreo para outra promessa do circuito, caindo diante do sul-coreano Hyeon Chung em três sets e parciais de 6/3, 5/7 e 6/3.

Sexto favorito, o uruguaio Pablo Cuevas foi um dos responsáveis por acabar com a festa dos perdedores de sorte, derrubando o japonês Taro Daniel com placar final de 6/3 e 6/2. Ele terá agora pela frente um confronto duro com o russo Karen Khachanov.

Fechando a lista de lucky-losers eliminados aparece o italiano Liam Caruana, que travou um duelo equilibrado com o norte-americano Steve Johnson, mas caiu em sets diretos e placar final de 7/5 e 7/6 (7-4). Na segunda rodada, Johnson terá a árdua missão de desafiar o espanhol Roberto Bautista, cabeça de chave 5 e campeão do torneio em 2016.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis