Notícias | Dia a dia
Soares e Murray ficam com o vice no ATP de Doha
05/01/2018 às 13h12

Doha (Qatar) - Não deu para o mineiro Bruno Soares e para o britânico Jamie Murray na final do ATP 250 de Doha. Cabeças de chave 1, eles foram derrotados nesta sexta-feira pelo austríaco Olivier Marach e pelo croata Mate Pavic, segundos mais bem cotados, em sets diretos e placar final de 6/2 e 7/6 (8-6), após 1h14 de jogo.

Com o vice-campeonato, Soares e Murray levam para casa uma premiação de US$ 36.730 e mais 150 pontos no ranking, sendo que no ano passado eles saíram do torneio com apenas 90 pontos das quartas. Do outro lado, os campeões Pavic e Marach levam para casa um cheque de US$ 69.870 e 250 pontos na lista de duplas da ATP.

A dupla mineiro-britânica não foi bem no primeiro set, amargou duas quebras e não aproveitou a única chance de quebra que teve. Já na segunda parcial a situação foi diferente, com um equilíbrio bem maior e a definição só veio no tiebreak.

Soares e Murray novamente não começaram bem e se complicaram no desempate, deixando Marach e Pavic abrirem 6-3 com triplo match-point, sendo dois deles nos serviços dos rivais. O mineiro e o britânico conseguiram a árdua missão de salvar as três chances, mas voltaram a perder um serviço no 13º ponto e na sequência acabaram derrotados.

"Foi uma pena hoje. Mas tivemos uma boa semana, começando a temporada fazendo bastante jogos, que era o que queríamos. Eles foram melhor hoje e mereceram a vitória,"disse o brasileiro. Ele e Murray embarcaram agora para a Austrália, onde disputam uma exibição no início da semana, em Adelaíde, e na sequência o Australian Open.

Comentários
Raquete novo
Suzana Silva