Notícias | Dia a dia
Soderling coloca melhor Djokovic acima de Federer
14/12/2017 às 10h45

Djokovic tem 23 vitórias e 22 derrotas contra Federer

Foto: Arquivo

Estocolmo (Suécia) - Aposentado do circuito desde 2011, o sueco Robin Soderling falou um pouco sobre o circuito, que ainda tem muitos tenistas contra os quais jogou várias vezes, em entrevista ao site Tennismash e tratou de destacar três das principais estrelas da atualidade: o sérvio Novak Djokovic, o suíço Roger Federer e o espanhol Rafael Nadal.

Para ele, o sérvio no ápice levaria a melhor sobre o auge do suíço. "Se ambos estão em seu melhor nível, creio que Novak venceria Roger mais vezes, pois ele se movimente muito e recupera várias bolas, o que é duro para Roger", analisou Soderling, que ao lado de Djokovic é um dos dois que conseguiu derrotar Nadal em pleno saibro de Roland Garros.

"Contra Rafa no saibro você precisa ser muito agressivo. Não me preocupei com seu jogo, tratei apenas de ser agressivo e pressioná-lo o tempo todo. Tive que correr risco e tudo funcionou muito bem", observou o sueco de 33 anos, que foi forçado a largar o circuito prematuramente por causa de uma mononucleose.

"Sinto às vezes que não terminei minha carreira como queria e vejo que ainda há muitos jogadores da minha idade no circuito, sendo que venci várias vezes alguns deles. Finalmente me sinto bem, lutei durante muitos anos e levei muito tempo para me recuperar completamente. Foi a época mais difícil da minha vida, com certeza", contou Soderling.

Questionado sobre o favorito para o Australian Open, ele apostou em Federer, mas destacou os retornos de Djokovic e do britânico Andy Murray. "Não me surpreenderia se Andy e Novak forem bem, mas acredito que o favorito é Federer, quando ele joga bem ninguém pode igualá-lo, nem mesmo Nadal", finalizou.

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG