Notícias | Outros
Favoritos avançam no Seniors de Porto Alegre
29/11/2017 às 19h25

O gaúcho Eurico Carvalho superou o vento e avançou nos 50 anos.

Foto: Gustavo Werneck

Porto Alegre (RS) - Número 2 do mundo na categoria 65 anos, o francês Bruno Renoult foi um dos destaques desta quarta-feira avançando com tranquilidade em sua estreia no 32º Banco Agiplan Seniors Internacional de Tênis de Porto Alegre – Copa Yone Borba Dias. Ele volta a disputar após cinco anos o evento com maior pontuação (Graduação A) para o ranking mundial da Federação Internacional. 

Renoult, que vem do vice-campeonato no Mundial em Lake Nona, nos Estados Unidos, no mês passado, derrotou o brasileiro João Fernando Altmayer por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/0. Ele vai enfrentar o brasileiro Luiz Alberto Rolla, que derrotou o compatriota Roberto Carneiro, por duplo 6/2. Renoult tem apenas duas derrotas em 41 jogos na temporada. 

Na categoria 75 anos, o alemão Klaus Klein passou com tranquilidade pelo brasileiro Walter Spieker, por 6/2 e 6/1, utilizando de suas variações com muito toque em deixadas, slices e alternando com bolas batidas no fundo. Quinto melhor do mundo na categoria, Klaus enfrenta o brasileiro Eduardo Figueira, que vencia Paulo Leke, por 6/1, quando o rival desistiu. A principal surpresa na categoria foi a eliminação do segundo cabeça de chave, o brasileiro José Silvestre, 11º do mundo, que perdeu para Artoni Schmidt, por 6/1 e 6/4. 

Nos 50 anos, o gaúcho e gremista Eurico Carvalho teve apenas problemas com o vento para marcar 6/1 e 6/2 sobre Ricardo Hoerde. "Esse mês costuma ventar bastante aqui, vento vai para todos os lados, difícil de jogar. Então, é questão mais de ter controle, colocar a bola em quadra sem arriscar muito no meu backhand, usei bastante o slice. Consegui fazer uma boa estreia." Carvalho enfrenta a seguir o chileno Rodrigo Caceres ou o brasileiro Hélio Ferreira nas quartas de final. 

Nos 60 anos, o brasileiro Amadeu Façanha aplicou fáceis 6/0 e 6/1 em cima de Wilson Silva e vai encarar Eduardo Peixoto. Nos 55 anos, o brasileiro Ricardo Tomb, sétimo do mundo, passou pelo compatriota Sergio Schaidhauer, por 6/1 e 6/2, e enfrenta o neozelandês Philipp Siemann, quinto pré-classificado. 

Pelo segundo ano consecutivo, o torneio é o maior do país no Seniors e conta com pontuação Grupo A, a mais alta graduação de pontos para o ranking mundial da Federação Internacional de Tênis. 

A competição tem 260 atletas de 17 países. Além do Brasil estaão representados a Alemanha, Áustria, Itália, França, Portugal, Grã-Bretanha, Argentina, Chile, Peru, Colômbia, Bolívia, Estados Unidos, México, Venezuela, Nova Zelândia e Canadá. 

Cerca de 80 jogos marcam a rodada desta quinta-feira na Leopoldina Juvenil a partir das 8h30. A quinta-feira marca o término dos jogos das oitavas de final e estreias de nomes como Ramiro Benavides, segundo mais velho a disputar a maior competição mundial por equipes, a Copa Davis, com 56 anos. Ele é o número 2 do mundo na categoria 70 anos e enfrenta o brasileiro Antenor Bicca. 

Na categoria 60 anos, o colombiano que jogou por dez anos a Copa Davis, Javier Restrepo, que mora no Rio de Janeiro e atua com a bandeira do Brasil, estreia diante do argentino Ricardo Zapata. 

O dia terá partidas dos líderes do ranking. Na categoria 85 anos, o americano John Powless, que revelou e treinou o americano Arthur Ashe, uma das maiores lendas do esporte, e deu o primeiro emprego a Nick Bolletieri, que hoje possui na Flórida a maior academia do mundo e revelou nomes como Maria Sharapova e Andre Agassi. 

Na categoria 50 anos feminino, Simone Vasconcellos, brasileira, enfrenta a vencedora do embate entre Marta Guimarães e Mirka Frizzo. 

Serão 65 partidas de simples mais as duplas iniciando às 8h30 e as duplas começando não antes das 17h30, em torno de 80 partidas ao longo do dia. 

Resultados parciais desta quarta-feira: 

75M - (1) Klaus Klein (ALE) 6/2 6/1 Walter Spieker (BRA) 

75M - Artoni Schmidt (BRA) 6/1 6/4 (2) José Silvestre (BRA) 

75M - (3) Tibirica Linhares (BRA) 6/1 6/0 Raimundo Silva (BRA) 

75M - (5) Giuseppe Vento (ITA) 6/3 6/1 Sergio Tavares (BRA) 

75M - (4) Francisco Filho (BRA) 6/4 6/0 José Lima (BRA)

75M - (6) Hans Weber (BRA) 6/2 6/1 Jurandir Sebastião (BRA)

75M - Inácio Izkovitz (BRA) 6/1 6/1 (7) Gabriel Carrasco (CHI) 6/1 6/1

75M - (8) Eduardo Figueira (BRA) 6/1 desistência Paulo Leke (BRA)

70M - João Tramontin (BRA) 6/3 6/2 Antonio Filho (BRA)

70M - Johannes Muhlemberg (AUT) 6/1 6/0 Carlos Fonseca (BRA)

70M - Antenor Bicca (BRA) 6/1 2/6 6/2 Nelson Loitzenbauer (BRA)

65M - (1) Bruno Renoult (FRA) 6/1 6/0 João Altmaier (BRA)

65M - (6) Luiz Alberto Rolla (BRA) 6/2 6/2 Roberto Carneiro (BRA)

65M - (4) Quentin Maisey (NZL) venceu por WO Waldenor Paraense (BRA)

65F - Lura Kern (BRA) venceu por WO Marianoela Drouet (BRA)

65F - Juliana Machado (BRA) 6/2 6/1 Adivany Santos (BRA)

60M - (1) Amadeu Façanha (BRA) 6/0 6/1 Wilson Silva (BRA)

60M - (3) Roberto Calvet (BRA) 6/1 6/2 Eduardo Vargas (BRA)

60M - Sérgio Hansen (BRA) 6/2 6/2 (6) Luiz Heeren (BRA)

60M - (7) Eduardo Peixoto (BRA) venceu por WO Sergio Ocaranza (CHI)

55M - (1) Ricardo Tomb (BRA) 6/1 6/2 Sergio Schaidhauer (BRA)

55M - (5) Philipp Seeman (NZL) 6/1 6/1 Evandro Fetzer (BRA)

55M - André Bohrer (BRA) venceu por WO (3) Achim Gass (ALE)

50M - (1) Eurico Carvalho (BRA) 6/1 6/2 Ricardo Hoerde (BRA)

50F - Marcela Salles (BRA) venceu por WO Rosana Martins (BRA)

45M - (8) Miguel Kelbert (BRA) venceu por WO Marconi Medeiros (BRA)

45M - Rubens Souza (BRA) venceu por WO (1) Clayvert Gusmão (BRA)

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva