Notícias | Dia a dia
Técnico de Dimitrov: 'Está recebendo a recompensa'
21/11/2017 às 10h39

Dimitrov venceu quatro títulos em 2017

Foto: Arquivo

Madri (Espanha) - Um dos principais responsáveis pela grande temporada de Grigor Dimitrov, o treinador venezuelano Daniel Vallverdú falou sobre o trabalho que tiveram para conduzir o búlgaro de volta ao top 10 e levá-lo a grandes conquistas. O resultado veio em 2017, com um título de Masters 1000, em Cincinnati, e a conquista do ATP Finals para fechar o ano.

"No começo foi duro, mas quando você tem um tenista com sua capacidade tudo fica mais fácil. Tudo que é preciso fazer é concentrar em fazer com que a confiança regresse. Meu objetivo era trabalhar suas armas e fazer com que se sentisse cômodo com as coisas que sabe fazer", lembra Vallverdú em entrevista ao AS.

O próprio Dimitrov admite que o treinador venezuelano tem grande importância em tudo que conseguiu alcançar em 2017. "Ele é parte fundamental de meu sucesso, chegou em um momento complicado para mim e me ajudou a voltar ao top 10", analisou o atual número 3 do mundo.

"Um ano depois, começamos a incorporando aspectos e simplificando o máximo possível o seu plano de jogo. Assim sua confiança voltou. Começamos treinando seu saque e a direita, que são suas armas mais contundentes, depois trabalhamos sua capacidade física e velocidade em quadra", observou o treinador.

Vallverdú destaca que uma das principais chaves para o sucesso foi limpar o entorno e fazer com que nada fora do tênis incomodasse o búlgaro. "Grigor se deu conta que para chegar neste nível o entorno precisa estar mais tranquilo possível. O que você dá por este esporte ele te devolve. Ele foi muito bem neste último ano e agora está recebendo a recompensa", disse.

O treinador do búlgaro também falou sobre o peso que foi conviver com a comparação ao suíço Roger Federer. "Assimilar algo assim desde jovem é difícil. Eles são jogadores bem diferente, tanto dentro quanto fora de quadra. Agora ele está mais maduro e não tem problemas com isso", finalizou o venezuelano.

Comentários
Raquete novo
Suzana Silva