Notícias | Dia a dia | ATP Finals
Melo larga bem e assegura o nº 1 até o fim do ano
13/11/2017 às 17h55

Melo e Kubot também estão garantidos como a melhor dupla da temporada

Foto: Divulgação

Londres (Inglaterra) - Em sua quinta participação consecutiva no ATP Finals, Marcelo Melo estreou com uma boa vitória no torneio que reúne as oito melhores duplas da temporada e, de quebra, conseguiu mais dois feitos que deram sabor especial à vitória desta segunda-feira. Melo e o polonês Lukasz Kubot venceram o croata Ivan Dodig e o espanhol Marcel Granollers por 7/6 (7-2) e 6/4 em 1h34 de partida.

Com o resultado, Melo e Kubot estão garantidos como a melhor dupla da temporada. A parceria foi oficializada no início deste ano e conqusitou seis títulos, com destaque para Wimbledon e para os Masters 1000 de Miami, Madri e Paris, além dos torneio na grama de Halle e s-Hertogenbosch.

Além disso, Marcelo Melo terminará pela segunda vez em sua carreira uma temporada como o número 1 do mundo no ranking individual dos duplistas. O mineiro de 34 anos já havia conseguido esse feito em 2015, quando ainda jogava ao lado de Dodig.

Melo e Kubot são os líderes do Grupo Woodbridge/Woodforde do Finals, já que venceram seu jogo de estreia em sets diretos. Eles enfrentam na próxima quarta-feira os gêmeos norte-americanos Bob e Mike Bryan, a quem derrotaram no único duelo anterior, realizado em Washington. 

Outro brasileiro no grupo, o também mineiro Bruno Soares e seu parceiro britânico Jamie Murray buscam a reabilitação no torneio diante de Dodig e Granollers, em duelo inédito no circuito.

Em um set inicial sem quebras, sendo que o polonês chegou a ter o saque ameaçado, duas devoluções no começo do tiebreak foram primordiais. A primeira veio com Melo, com uma cruzada de backhand contra seu antigo parceiro, e outra de Kubot diante de Granollers. Isso fez com que a dupla começasse vencendo por 4-0 e administrasse a vantagem.

Melo e Kubot foram os primeiros a quebrar também no segundo set após uma dupla-falta de Granollers e chegaram a liderar por 4/1. O mineiro perdeu um game de saque que permitiu o empate aos adversários. Mas vencendo por 5/4, a melhor dupla da temporada pressionou o serviço de Dodig e uma excelente devolução de Kubot com o backhand na paralela deu números finais ao jogo.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series