Notícias | Dia a dia
Clezar cai para argentino nas oitavas em Montevidéu
08/11/2017 às 17h05

Clezar recebe oito pontos no ranking pela campanha e segue para Santiago

Foto: Arquivo

Montevidéu (Uruguai) - O gaúcho Guilherme Clezar foi eliminado nas oitavas de final do challenger de Montevidéu, torneio com premiação de US$ 75 mil no saibro da capital uruguaia. Clezar caiu diante do argentino Nicolas Kicker, cabeça 3 do torneio e 97º do ranking, por 6/3 e 6/1 em 1h21.

Por ter vencido um jogo no torneio, Clezar deixa o Uruguai com oito pontos no ranking. O gaúcho de 24 anos terá um pequeno avanço em relação ao atual 228º lugar, mas ainda está distante da melhor marca de sua carreira, que foi a 153ª posição obtida em agosto de 2015.

Sem pontos a defender no restante da temporada, Clezar agora segue para o Chile. Seu próximo compromisso é o challenger de Santiago. Na temporada, o gaúcho venceu 19 jogos de nível challenger e perdeu 17, além de ter sofrido duas derrotas em nível ATP.

Ao longo da partida desta quarta-feira, Clezar teve dificuldade nos games de saque e venceu apenas 11 dos 32 pontos jogados com o segundo serviço. Isso fez com que o argentino criasse doze oportunidades de quebra e aproveitasse quatro dessas chances, sendo uma no primeiro set e três no segundo.

Com o resultado, o último brasileiro restante na chave em Montevidéu é Rogério Dutra Silva. Número 1 do país e 93º do ranking, o paulista de 33 anos enfrenta o esloveno Blaz Rola, 215º colocado, contra quem tem três vitórias e duas derrotas.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis