Notícias | Dia a dia
Federer festeja vitória em duelo equilibradíssimo
29/10/2017 às 20h29

Federer venceu pela oitava vez dentro de casa

Foto: Divulgação

Basileia (Suíça) - O suíço Roger Federer reconheceu que embora tenha sido bastante empolgante e equilibrada, a final deste domingo no ATP 500 da Basileia não foi a melhor partida que ele e o argentino Juan Martin del Potro poderiam produzir. De qualquer forma, o atleta da casa conseguiu levar a melhor e comemorou seu oitavo título no torneio.

"Acho que nós dois estamos cansados pela longa temporada, além do mais ele vem de quatro semanas seguidas. Por isso fizemos o que podíamos, demos tudo e infelizmente um tinha que vencer. Mesmo assim acho que ambos podemos sair felizes com o que fizemos nesta semana", comentou o número 2 do mundo.

Federer disse que o cansaço foi o responsável pela oscilação dos dois finalistas, o que trouxe mais emoção ao duelo. "O jogo teve bastante altos e baixos dos dois lados, ambos tiveram suas chances e isso tornou a partida emocionante, a torcida deve ter gostado bastante", observou o suíço, que saiu perdendo e teve que buscar a virada contra Delpo.

Depois de perder o primeiro set, o atleta da casa conseguiu vencer o segundo com uma quebra no finalzinho, mas levou um susto ao perder o saque logo no começo do terceiro. Contudo, Federer venceu os quatro games seguintes e encaminhou a vitória. "Depois que eu consegui a liderança senti que estava jogando o meu melhor, minhas sensações foram as melhores e eu apenas tive que administrar a vantagem".

Além de avaliar o confronto, Federer também falou sobre Del Potro e não poupou elogios ao rival. "Ele tem um grande saque e um forehand potente e por isso sempre vai querer estar no comando dos pontos. Seu desempenho está muito bom desde o US Open e estou feliz de vê-lo jogando tão bem a cada semana. Isso era uma coisa que eu gostaria de ver de novo", declarou o suíço.

"Espero que consiga ir bem em Paris e quem sabe nos vemos em Londres", finalizou Federer, que logo após a conquista na Basileia anunciou que não irá disputar o Masters 1000 parisiense para se focar no Finals de Londres, já que sente o desgaste deste fim de temporada e prefere chegar com tudo para a disputa do último torneio do ano na ATP.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis