Notícias | Dia a dia
Federer espera por final muito dura com Del Potro
28/10/2017 às 19h13

Federer vai disputar sua 13ª final na Basileia

Foto: Divulgação

Basileia (Suíça) - Pela terceira vez na carreira o suíço Roger Federer vai disputar a final do ATP 500 da Basileia contra o argentino Juan Martin del Potro. Embora o torneio seja em sua cidade natal, o ex-número 1 do mundo se deu mal nas outras duas vezes e amargou os vice-campeonatos em 2012 e 2013, mas espera que desta vez consiga um resultado diferente.

Em busca do oitavo título em casa, Federer sabe que terá pela frente um adversário muito perigoso, que vem embalado com oito vitórias seguidas. "Estou pronto para uma difícil partida contra um Del Potro que está no auge da forma. Ele fez um grande jogo contra mim em Xangai, depois foi para Estocolmo, sagrou-se campeão lá e agora está aqui na final", analisou.

"Talvez ele possa estar um pouco cansado, mas isso não vai impedi-lo de entrar em quadra e dar o seu máximo", acrescentou o suíço, que vai encarar Delpo pela quarta vez no ano, tendo vencido dois dos três embates anteriores. No retrospecto geral a vantagem também é de Federer, que derrotou o argentino 17 vezes e perdeu apenas seis.

Depois de levar um susto nas quartas de final contra o francês Adrian Mannarino, o tenista da casa praticamente não deu chances ao belga David Goffin na semifinal deste sábado. "Foi uma mudança completa, entrei em quadra com um pensamento muito melhor hoje. Queria me impor e acho que consegui fazer isso", observou Federer.

A final na Basileia está marcada para as 12h (horário de Brasília) deste domingo e além de buscar o título, Federer também tentará reduzir um pouco mais a distância para o espanhol Rafael Nadal na briga pelo número 1. Se for campeão, o suíço ficará 1.460 pontos atrás do canhoto de Mallorca, com ainda 2.500 pontos em disputa no Masters 1000 de Paris e no ATP Finals de Londres.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis