Notícias | Dia a dia
Federer dá show, bate Nadal de novo e leva Xangai
15/10/2017 às 08h06

Federer venceu a quinta seguida sobre Nadal

Foto: Divulgação

Xangai (China) - O suíço Roger Federer deu uma aula de tênis neste domingo na final do Masters 1000 de Xangai e nem mesmo o espanhol Rafael Nadal conseguiu fazer frente ao inspirado tenista da Basileia, que dominou as ações e não deu brechas para o seu maior rival, vencendo em sets diretos, com parciais de 6/4 e 6/3, em 1h12 de confronto.

Embora a vantagem no retrospecto seja bastante favorável a Nadal, em 2017 que tem dado as cartas é o suíço, que venceu todos os quatro duelos e diminuiu a diferença entre eles para 23 a 15. O tenista da Basileia tem agora cinco vitórias seguidas, a maior sequência do clássico. O espanhol já conseguiu uma série assim em três oportunidades.

A conquista em Xangai foi a 94ª da carreira, que deixa agora o suíço empatado com o tcheco naturalizado Ivan Lendl na segunda colocação entre os maiores vencedores do circuito. Eles estão atrás apenas do norte-americano Jimmy Connors e suas 109 taças erguidas. Federer também chegou à marca de 27 títulos em Masters 1000, ocupando a terceira colocação nesta lista.

Vítima do suíço na final deste domingo, Nadal é o líder de títulos neste nível ao lado do sérvio Novak Djokovic, ambos com 30. Só neste ano Federer levantou três troféus desta magnitude, faturando também Indian Wells e Miami.

O sexto título de Federer na temporada, igualando assim o número de conquistas de Nadal em 2017, começou a se desenhar logo no primeiro game, quando ele bateu o saque do rival, abrindo 2/0 na sequência. Bastou então ao suíço administrar a vantagem até o fim, sem dar chance alguma de break ao canhoto de Mallorca, para largar na frente no placar.

Federer manteve o nível altíssimo na segunda parcial e novamente passou incólume no saque, não cedendo uma chance de quebra sequer ao número 1 do mundo. A grande atuação do suíço foi coroada com mais dois breaks, um no quinto e o outro no nono e decisivo game, quando ele selou sua vitória para cima de Nadal e comemorou o bicampeonato em Xangai.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva