Notícias | Dia a dia
Melo e Kubot são vices, mas mantêm a liderança
15/10/2017 às 07h45

Melo e Kubot buscavam o sexto título desta temporada

Foto: ATP

Xangai (China) - No duelo direto entre as duas parcerias de melhor sucesso na temporada, o mineiro Marcelo Melo e seu parceiro polonês Lukasz Kubot tiveram de se contentar com o vice-campeonato sobre a veloz quadra do Masters 1000 de Xangai. Eles foram dominados pelo finlandês Henri Kontinen e o australiano John Peers, por 6/4 e 6/2.

Melo e Kubot tiveram dificuldades nos games de serviço ao longo da partida. No primeiro set, perderam o saque logo no terceiro game e depois salvaram quatro break-points no quinto, sem jamais ameaçar o saque adversário. O segundo set começou bem mais equilibrado e a dupla do brasileiro perdeu duas valiosas chances no quarto game para ser quebrada logo em seguida. Aí não reagiu mais.

Apesar do resultado, a liderança do ranking de parcerias da temporada continuará com Melo e Kubot, que atingem 7.510 pontos desde janeiro e estão agora 360 pontos à frente de Kontinen e Peers. As duas duplas devem lutar pela posição até o Finals de Londres, já que estão bem distantes do terceiro colocado.

No ranking individual de duplas, Melo segue em terceiro lugar e tira apenas 200 pontos de distância para os líderes. O mineiro tem agora 8.390 pontos diante de 9.560 de Kontinen e Peers.

O mineiro e o polonês enfrentaram Kontinen e Peers quatro vezes neste ano. Os rivais levaram a melhor também na final do ATP 500 de Washington e nas quartas do Masters 1000 de Roma. Melo e Kubot derrubaram o australiano e o finlandês nas semifinais de Wimbledon, na campanha que acabou com o título.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis